Aprenda inglês com a maior plataforma de letra de música da América Latina
Participar

Muito Frio - Aqui Brasil

Da Guedes

O mundo é insano, incerto,
Torres imensas, imagens simbólicas,
Mecânicas florestas de concreto
Em todas as terras e continentes
O mundo é frio incorreto, indescente
Povo dizimado sofrimento humano
Fome, mazelas, igual como a das favelas
Existe gente lá também ,
Mas aí em cima humanidade , será que tem?
Os olhos da ganância e as mãos da ambição
Jogam as pessoas na rua, no chão
O prato com comida agora é a lata de lixo
Vivi como bicho, come tipo bicho, morre tipo bicho
No pescoço ainda o crucifixo
O homem de braços abertos na cruz
Não pode morrer em vão
Abra os seus olhos a mente o coração
Aqueça o mundo irmão
Porque ele é frio ou mortalmente quente
Como no sertão onde o povo já tomba sem os dentes
Você pode imaginar ?
Eu posso ver com as minhas vistas , ouvir
Que nos rádios, tvs, jornais, revistas
Que isto é apenas noticia só notícia
Impérios crescem cada vez
Que um nome vai para lista
Intendes agora vivente
O mundo é frio incorreto, inocente
Nações ouvem, amam falsas vozes
Criamos e alimentamos nossos próprios algozes
Filhos da puta, mas saibam que este homem
Não foge a luta, de pedir a paz
Em um mundo frio em que tudo jaz
Isto não pode ser a ópera dos modernos dias
Mas é assim, é a saga das grandes periferías
Como eu avisto nas ruas as vezes de minha janela
A vida não é bela, Puta que pariu
pois vivemos assim em um mundo frio- Aqui BRASIL.....

BAZE:
As pontes do porto não estão alegres percebe pois eu me ligo e fico triste,
Empunho a caneta na mão, papel na mesa é minha arma
É meu canhão janela bate de tanto frio, mas pensamento não se desvia do que este homem viu
Naquele arroio, riacho, rio
Fedorento, nojento, com sujeira , merda, escremento
Será que são humanos aqueles lá embaixo
Pessoas neste momento , quentes , comendo sopa tomando chá tapados com cobertores pois o frio daqui é duro de aguenta
lendo seu livro predileto , para aumentar a sabedoria ,
Ser mais esperto , é bom eu sei.
Na rua meus irmãos procuram jornais não pela informação,
Mas para esquentar o frio das mãos
As pontes do porto não estão alegres
Vejo casais tristes e crianças entregues
Ao vento , ao frio, a miseria
Riacho ipiranga , várias pontes,
Muito lixo é só esgoto
É preferível cherar a cola ou o loló
Do que sentir o cheiro do quintal,
E quando chove , riacho enche , alaga a casa
E morre gente, continuamente,
Por culpa das autoridades incompetentes
Eu escuto vozes que invês de ajudar
Somente cantam a idiotice
Incentivando o povo a viver na burrice,
As bundas são os falsos deuses,
Me diga irmão,
Se prefere comprar a playboy
Ou dar um prato de arroz e feijão,
Para alguma pessoa sem emprego
E sem chance de educação
Sou contra o sistema sim não nego não
O que eu prego revolução
Por que a justiça é minha armadura blindada
E a lei a minha espada mais afiada
E continua a rima dura ou gelada
E quem não quer ver ou ouvir que vá para puta que pariu
Eu não me entrego irmão pra esse mundo frio
Aqui Brasil!

REFRÃO

Nitro G


Aqui mundo frio ou melhor - Brasil,
Quem disse que não se importa
Quem disse que não viu - mundo frio
A anos um povo paga, aqui são outros 500
Acabou a palhaçada
Periferia nunca teve tão bem representada
Cada rapper brasileiro fala por sua quebrada
que de recurso não vejo nada,
exclusão gente cansada- da guerra

convivo com quem vive nela- não era
super lotação - cela
o correrria mostra, no rosto de cada um
Guerreiro do mesmo chão
lutador gente comum
comum como nós
sei que ouvem nossa voz
na garganta vários nós
gente ruim no domínio
Deus olhe por todos trace meu caminho
eu sei que o mundo é frio mas não estou sozinho....

Refrão...

Composição: H. Marques / Nitro G - F.silva / Ricoi
Enviada por Allexandre.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Você não precisa da tradução para entender essa letra!

Participe do evento e aprenda inglês com música

Quero participar

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Da Guedes

Ver todas as músicas de Da Guedes