Canção Boba

Cyanogaster

Quando eu fui embora
Senti saudades
Auréola, aurora

Me aperta agora
Frágil liberdade
Na celeste abóbada

Alívio não sobra, quando a saudade me invade
Alívio não sobra, quando a saudade me invade...


Onde você mora?
Estou no campo, cidade
Nos portões da escola
Risquei ruas afora
Sem família, amizade
Nada disso importa
O passado te olha
Lembrando das tardes
Teu pranto ele evoca
A lágrima na orla
Cai na boca escarlate
Veja, é um Deus que se mostra
Por favor não me acorda
Mas a realidade meu sonho destroça
Quando você vai embora...

Quando você for embora
Não faça alarde, não bata a porta
Se for embora
Não me relate que um dia cê volta
Quem sabe antes da hora, a tua volta me salve.

P'ra que antes da hora!

Pois então volta e me salve...

Composição: Vany Romeiro
Enviada por Yvan.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Cyanogaster

Ver todas as músicas de Cyanogaster