Fado do Contra

Cuca Roseta

O fado é triste, o fado é saudade
No fim é vida em liberdade
Na alma pura é nostalgia
É a mais dura sabedoria

Melancolia, fado é beleza
Que se adia sobre a tristeza
Ou paz ou ânsia, ele é do contra
Ou ironia, ou uma afronta

Ele é mistério, ele balança
Entre o etério e a lembrança
Se é português fala de dor
Mas quem o fez, fê-lo de amor

Se é português fala de dor
Mas quem o fez, fê-lo de amor
Se é português fala de dor
Mas quem o fez, fê-lo de amor


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Cuca Roseta

Ver todas as músicas de Cuca Roseta