Nojento (part. 9 House 1)

Costa Gold

Nine & nox, daquele jeitão assim, ó
Larga esse beat nojento
Deixa que o pai dá um talento
Eu posso fuder em qualquer tempo
Na mesma sede de um detento

Eu posso fuder devagar, uh
E ela pede pra sentar, ah
Gata trabalha esse corpo
Tipo quem dá pra trampar

Matando um leão por dia
Não cruze o caminho de um louco
O apetite do cash não é pouco
Tipo, quem vem de baixo e quer o topo

Nós encaixa um jab do acelino (popó)
Mas troca na rua igual o kimbo (slice)
Cês' podem tentar me juntar
Mas, no mano a mano vai ser lindo, ey

Yo soy muy loco, compreende
E eu duvido me parar
Impossível ir devagar
Eu tô invisível no radar

Fechei o contrato do ano, né
Agora que eu nunca mais ando a pé
Eu sei muito bem o que esses mano quer
Vacila com a lei, mas não com a minha fé, bitch

Então me traz um beat lento
Que eu chego rapidão
E não desperdiço meu talento

Vai toma no cu
Com essa porra de skrr skrr
Negócio é trabalho, memo

Flow, toca a bola logo
Nem cavalo aguenta, és
É o menino, é o didico, é o adriano imperador
E antes de eu cantar a minha parte
Ali rolou um papo reto, reto papo
Nós tá certo e foi o crime que falou

Que maravilha velhinho, clima maravilhoso
Na garagem, carro novo
No meu pé, o tênis do ano
A minha mina é a mais gata
E a minha conta tá o torro (placo)

O predella é chefe, rei do jogo (for real)
Respeitado no bairro e no morro (true)
Só pela minha família eu corro
Pau no cu do bolsonaro
Da lavagem pra esse porco

Larga esse beat nojento
Deixa que o pai dá um talento
Eu posso fuder em qualquer tempo
Na mesma sede de um detento

Eu posso fuder devagar, uh
E ela pede pra sentar, ah
Gata traba-ha, ha, ha, ha, ha
Matando um leão por dia


Posts relacionados

Ver mais no Blog