Qual Violência

Cólera

Final de século, o mundo vive uma convulsão social
As pessoas vivem explosões emocionais
Neurose, ganância, obsessão, vingança
E até mesmo a ignorância são símbolos
De uma pseudo-honra para a maioria das pessoas
Ter é mais importante do que ser
Mas não para mim. Eu não sou assim
Eu sinto a indignação e quero um mundo melhor
E quero que esse grito não seja em vão
A voz da selva, dos animais, dos indígenas

Qual violência é pior?
Quero um mundo melhor
Qual violência, qual decadência
Quanta indignação!
Será que esse grito é em vão? Não é não!

Geração do ódio que cópia a crueldade
Da estúpida hipnose na TV
Qual violência é pior?

Fome, indigência e o racismo, invalidando
Intimidando muita gente e você
Qual violência é pior?

Qual violência é pior?
Quero um mundo melhor!
Qual violência, qual decadência
Quanta indignação!
Será que esse grito é em vão?

Gente inventando, fabricando e construindo armamento
Que só serve pra matar
Qual violência é pior?

Índios sem direitos, sem respeito, reservados como gado
Em sua selva em carvão
Qual violência é pior?

Qual violência é pior?
Quero um mundo melhor
Qual violência, qual decadência
Quanta indignação!
Será que esse grito é em vão?

Hoje as crianças estão tristes
Os velhos olham com vontade de voltar e lutar
Existe ódio, existem armas
Mas eu só sei que nós podemos ser o exemplo
Desse grito de razão

E se nenhuma atitude imperativa for tomada em estado de emergência, não há nenhuma possibilidade da continuidade da mente humana e, menos ainda, do planeta, como um lugar de vida no sistema solar

Composição: Redson
Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Cólera

Ver todas as músicas de Cólera