Crier Tout Bas

Coeur de Pirate

Original Tradução Original e tradução
Crier Tout Bas

Je t’ai vu tracer le long du paysage
Une ligne des aimées qui détruisent ton langage
Et quand tu chantais plus fort dans ton silence
Je voyais les larmes couler toujours à contresens

Mais quand les saisons attendront ton retour
Ce sera le vent qui portera secours

Et si la terre est sombre, et si la pluie te noie
Raconte-moi, qu’on puisse trembler ensemble
Et si le jour ne vient pas dans la nuit des perdus
Raconte-moi, qu’on puisse crier tout bas
Crier tout bas

J’ai voulu calmer ton souffle qui s’étouffait
Des courses vers le vide, ton rire qui soupirait
Si tu mets le cap vers des eaux restant troubles
Je serai le phare qui te guidera toujours

Mais quand les saisons attendront ton retour
Ce sera le vent qui portera secours

Et si la terre est sombre, et si la pluie te noie
Raconte-moi, qu’on puisse trembler ensemble
Et si le jour ne vient pas dans la nuit des perdus
Raconte-moi, qu’on puisse crier tout bas
Crier tout bas

Je t’ai vu tracer le long du paysage
Une ligne des aimées qui détruisent ton langage
Et quand tu chantais plus fort dans ton silence
Je voyais les larmes couler toujours à contresens

Et si la terre est sombre, et si la pluie te noie
Raconte-moi, qu’on puisse trembler ensemble
Et si le jour ne vient pas dans la nuit des perdus
Raconte-moi, qu’on puisse crier tout bas

Et si la terre est sombre, et si la pluie te noie
Raconte-moi, qu’on puisse trembler ensemble
Et si le jour ne vient pas dans la nuit des perdus
Raconte-moi, qu’on puisse crier tout bas

Crier tout bas

Grite sem fazer barulho

Eu vi você desenhar ao longo da paisagem
Uma linha de entes queridos que destroem sua língua
E quando você cantava mais alto em seu silêncio
Eu via as lágrimas correndo para o lado errado

Mas quando as estações aguardam seu retorno
Será o vento que vai lhe ajudar

E se a terra estiver escura, e se a chuva lhe afoga
Diga-me, que podemos tremer juntos
E se o dia nunca vem durante a noite dos perdidos
Diga-me, que podemos gritar sem fazer barulho
Gritar sem fazer barulho

Eu queria acalmar a sua respiração asfixiante
Correr para o vazio, sua risada suspirante
Se você navegar por águas nebulosas
Eu serei o farol que sempre lhe guiará

Mas quando as estações aguardam seu retorno
Será o vento que vai lhe ajudar

E se a terra estiver escura, e se a chuva lhe afoga
Diga-me, que podemos tremer juntos
E se o dia nunca vem durante a noite dos perdidos
Diga-me, que podemos gritar sem fazer barulho
Gritar sem fazer barulho

Eu vi você desenhar ao longo da paisagem
Uma linha de entes queridos que destroem sua língua
E quando você cantava mais alto em seu silêncio
Eu via as lágrimas correndo para o lado errado

E se a terra estiver escura, e se a chuva lhe afoga
Diga-me, que podemos tremer juntos
E se o dia nunca vem durante a noite dos perdidos
Diga-me, que podemos gritar sem fazer barulho

E se a terra estiver escura, e se a chuva lhe afoga
Diga-me, que podemos tremer juntos
E se o dia nunca vem durante a noite dos perdidos
Diga-me, que podemos gritar sem fazer barulho

Gritar sem fazer barulho

Composição: Béatrice Martin
Enviada por Lucas e traduzida por Marco. Legendado por Paula. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Coeur de Pirate

Ver todas as músicas de Coeur de Pirate