Lost Girls

CocoRosie

Original Tradução Original e tradução
Lost Girls

Warming the hearts of tragic hoodlum spirits
Brighten the eyes of petty thieves who crawl at night
Who feign to use a knife
Jingle jangle the cosmo's are on fire
The blazing lines of the criminal choir
Rejoiced to be alive
Broken and depraved
Sullied mop and rusted pail
Centuries of poison to escape this heaven or hell
This earthly cell of dead flowers and so many wounded foes
It's hard to remember fantasy or horror
Unwanted caresses
Little Lolitas who want to be held in large hands

Dear Father, who art in heaven
Hallowed by thine name
Witches confused by their own magic
Witches displeased by their own perfume
Shame-locked women
Shaman women fuming with shame
Love-locked women
Women their own magic women
Shadow body, shadow spirit
White blood, blue night
Angels lyrics
Female creature wilted high in the raftors
Orgies of dust and butterfly laughter
Shadows spilling into the babe's milk
Sorry eyes of ghost's memoir
Four blue plus two, that makes six
That's twelve times two
Two brown eyes, one green
Hazel's asleep in the hayloft
Down the road drowning in dry grass
In the sweet maiden's lap poisened with nightshade
Witches last laugh
Stick your thumb out
Lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon

Take down your hair and wind up your grin
Someone's gonna take you home
Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon
Take down your hair and wind up your grin
Someone's gonna take you home

Even though red's not your color
I'll dress you in feathers
And fly you in the windy weather
Like a child bird marooned on an island of cats
Little dewy brawling cats
With cross-eyed and hats
They take mercy on you
They take you for walks
The mercy choir singing dismal hymns
Watery bible rhymes
All jumbled a mess
A mess of bright graves and flowers and balloons

Stick out your thumb
And lift up your skirt
Someone's bound to stop here soon
Take down your hair and wind up your grin
Someone's gonna take you home

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's bound to stop here soon
Take down your hair and wind up your grin
Someone's gonna take you home

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's bound to stop here soon
Take down your hair and wind up your grin
Someone's gonna take you home

With a knapsack of trinkets
I'm off to seek my fortune again
Chasing ghosts of dead orphans
Friend, cousin, or kin
We wave to the passer by
Moth wings of a butterfly
Endless tracks where no car pass
Close your eyes and you can fly
I'm off to meet my soul mate
A naked fawny jail bate
Wading into ponds
Filly with pollywogs at dawn
Mournin' the light
That slipped from my eyes
A little child with dirty nails
And dirty hair
I had dirty things scrawled upon my mind

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon
Take down your hair, wind up your grin
Someone's gonna take you home

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon
Take down your hair, wind up your grin
Someone's gonna take you home

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon
Take down your hair, wind up your grin
Someone's gonna take you home

Stick out your thumb and lift up your skirt
Someone's gonna stop here soon
Take down your hair, wind up your grin
Someone's gonna take you home

Garotas Perdidas

Aquecendo os corações de espíritos vilões trágicos
Iluminando os olhos de ladrões mesquinhos que rastejam à noite
Que fingem usar uma faca
Jingle jangle o cosmos está incendiado
As frases resplandecentes de um coro criminoso
Regozijado por estar vivo
Partido e depravado
Esfregão sujo e balde enferrujado
Séculos de veneno para escapar deste céu ou inferno
Está célula terrena de flores mortas e adversários feridos
É difícil de lembrar de fantasia ou de horror
Carícias indesejadas
Pequenas Lolitas que desejam serem seguradas em grandes mãos

Pai nosso que estás no céu
Santificado seja o vosso nome
Bruxas confusas pela sua própria magia
Bruxas descontentes pelo seu próprio perfume
Mulheres presas pela vergonha
Mulheres Shamans fumegando com vergonha
Mulheres presas pelo amor
Mulheres suas próprias, mulheres mágicas
Corpo sombrio, espírito sombrio
Sangue branco, noite azul
Letras de músicas angelicais
Criatura feminina esmorecida no alto das vigas
Orgias de poeira e risos de borboletas
Sombras cuspindo no leite do bebê
Olhos arrependidos da memória do fantasma
Quatro azuis mais dois, é igual a seis
Isto é doze vezes dois
Dois olhos marrons, um verde
Avelã adormecida no palheiro
Na estrada afogando-se em grama seca
No colo doce da donzela envenenada por erva-moura
A última risada da bruxa
Estique seu polegar
Erga sua saia
Alguém logo parará aqui

Solte seu cabelo e sorria
Alguém irá te levar para casa
Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém logo parará aqui
Solte seu cabelo e sorria
Alguém irá te levar para casa

Ainda que vermelho não seja a sua cor
Eu vestirei você com penas
E a farei voar no clima ventoso
Como um filhote de pássaro abandonado numa ilha de gatos
Pequenos e briguentos gatos orvalhados
Com olhos cruzados e chapéus
Eles têm piedade de você
Eles levam você parar caminhadas
O coro misericordioso cantando hinos tristes
Rimas bíblicas aquosas
Todas desordenadas e bagunçadas
Uma confusão de túmulos brancos, flores e balões

Estique seu polegar
E erga sua saia
Alguém está fadado a parar aqui logo
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém está fadado a parar aqui logo
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém está fadado a parar aqui logo
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Com uma mochila cheia de bugigangas
Estou saindo para buscar minha fortuna novamente
Procurando por fantasmas de órfãos mortos
Amigo, primo, ou parente
Acenamos para os passageiros
Asas de mariposa de uma borboleta
Caminhos intermináveis por onde nenhum carro passa
Feche os seus olhos e você pode voar
Estou saindo para encontrar minha alma gêmea
Um fulvo nu mitigando numa cela
Vadiando em lagoas
Uma potranca com girinos durante a alvorada
Enlutado pela luz
Que escorregou pelos meus olhos
Uma criancinha com unhas sujas
E cabelo sujo
Eu tinha coisas sujas esboçadas na minha mente

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém logo parará aqui
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém logo parará aqui
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém logo parará aqui
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Estique seu polegar e erga sua saia
Alguém logo parará aqui
Solte seu cabelo e sorria
Alguém te levará para casa

Enviada por Ander e traduzida por Yuri. Revisão por Ander.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de CocoRosie

Ver todas as músicas de CocoRosie