Original Tradução Original e tradução
Avrai

Avrai sorrisi sul tuo viso come ad agosto grilli e stelle
Storie fotografate dentro un album rilegato in pelle
Tuoni di aerei supersonici che fanno alzar la testa
E il buio all'alba che si fa d'argento alla finestra

Avrai un telefono vicino che vuol dire già aspettare
Schiuma di cavalloni pazzi che s'inseguono nel mare
E pantaloni bianchi da tirare fuori che è già estate
Un treno per l'America senza fermate

Avrai due lacrime più dolci da seccare
Un sole che si uccide e pescatori di telline
E neve di montagne e pioggia di colline
Avrai un legnetto di cremino da succhiare

Avrai una donna acerba e un giovane dolore
Viali di foglie in fiamme ad incendiarti il cuore
Avrai una sedia per posarti e ore
Vuote come uova di cioccolato
Ed un amico che ti avrà deluso tradito ingannato

Avrai avrai avrai
Il tuo tempo per andar lontano
Camminerai dimenticando
Ti fermerai sognando
Avrai avrai avrai
La stessa mia triste speranza
E sentirai di non avere amato mai abbastanza
Se amore amore avrai

Avrai parole nuove da cercare quando viene sera
E cento ponti da passare e far suonare la ringhiera
La prima sigaretta che ti fuma in bocca un po' di tosse
Natale di agrifoglio e candeline rosse

Avrai un lavoro da sudare
Mattini fradici di brividi e rugiada
Giochi elettronici e sassi per la strada
Avrai ricordi ombrelli e chiavi da scordare

Avrai carezze per parlare con i cani
E sarà sempre di domenica domani
E avrai discorsi chiusi dentro e mani
Che frugano le tasche della vita
Ed una radio per sentire che la guerra è finita

Avrai avrai avrai
Il tuo tempo per andar lontano
Camminerai dimenticando ti fermerai sognando
Avrai avrai avrai
La stessa mia triste speranza
E sentirai di non avere amato mai abbastanza
Se amore amore amore avrai

Terás

Terás sorrisos sobre o teu rosto como em agosto grilos e estrelas
Histórias fotografadas dentro de um álbum com capa de couro
Trovões de aviões supersônicos que fazem a cabeça levantar
E o escuro do amanhecer que se parece ser de prata na janela

Terás um telefone por perto o que significa que estará a esperar
Espuma de loucas ondas que acompanham o mar
E calças brancas para tirar do armário que já é verão
Um trem para a América sem paradas

Terás duas lágrimas muito doces para secar
Um sol que mata e pescadores de mexilhão
E neve das montanhas e chuva das colinas
Terás um picolé de creme para chupar

Terás uma mulher jovem e uma dor
Avenidas de folhas em chamas incendiando o coração
Terás uma cadeira para se sentar e horas
Vazias como ovos de páscoa
E um amigo que terá te desiludido, traído, enganado

Terás, terás, terás
O teu tempo para ir para longe
Andarás esquecendo-se
Pararás sonhando
Terás terás terás
A mesma triste esperança que tenho
E sentirás como se não tivesse amado o suficiente
Se amor amor terás

Terás palavras novas para procurar quando anoitece
E cem pontes para passar e tocar o corrimão
O primeiro cigarro que fumará e na boca um pouco de tosse
Natal de azevinhos e velinhas vermelhas

Terás um trabalho para suar
Manhãs encharcadas de arrepios e orvalho
Vídeo-games e pedras pelo caminho
Terás lembranças, guarda-chuvas e chaves para se esquecer

Terás doçura para falar com os cachorros
E será sempre de domingo amanhã
E terás conversas trancadas por dentro e mãos
Que remexem as caixas da vida
E uma rádio para ouvir que a guerra acabou

Terás, terás, terás
O teu tempo para ir para longe
Andarás esquecendo-se, pararás sonhando
Terás terás terás
A mesma triste esperança que tenho
E sentirás como se não tivesse amado o suficiente
Se amor amor terás

Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Claudio Baglioni

Ver todas as músicas de Claudio Baglioni