Le Reste

Clara Luciani

Original Tradução Original e tradução
Le Reste

Je n'suis qu'une imbécile allongée sur le dos
J'me refais le film, le début était beau
Puis je t'imagine jouer sur ton piano
Une mélodie expire dans un écho
J'ai tout gâché, je sais
Je sais, j'ai tout gâché

Je ne peux pas oublier ton cul et le grain de beauté perdu
Sur ton pouce et la peau de ton dos
Le reste, je te le laisse, mais je retiens en laisse
Le souvenir ému dе ton corps nu

Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh

Je te sens au loin, chasser nos souvenirs, qui palpitent encore
Qui vont bientôt mourir
Est-ce mon pauvre cœur, qui ait tout inventé?
Étais-tu ici, m'as-tu au moins aimé?
J'ai tout gâché, je sais
Je sais, j'ai tout gâché

Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh

Je ne peux pas oublier ton cul et le grain de beauté perdu
Sur ton pouce et la peau de ton dos
Le reste, je te le laisse, mais je retiens en laisse
Le souvenir ému, de ton corps nu

Je reste amoureuse d'une idée qui s'éteint
Figée à jamais dans un miroir sans teint
D'où je te regarde t'en sortir à merveille
Épier ton bonheur, me le rend moins cruel

Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh

Je ne peux pas oublier ton cul et le grain de beauté perdu
Sur ton pouce et la peau de ton dos
Le reste je te le laisse, mais je retiens en laisse
Le souvenir ému, de ton corps nu

Le reste, je te le laisse, oh, oh
Le reste, je te le laisse, oh, oh

O Resto

Eu sou apenas uma idiota deitada de costas
Estou revendo o filme, o começo foi lindo
Então eu imagino você tocando seu piano
Uma melodia expira em um eco
Eu estraguei tudo, eu sei
Eu sei que estraguei tudo

Eu não posso esquecer sua bunda e a pinta perdida
No seu polegar e na pele das suas costas
O resto, eu deixo com você, mas mantenho presa
A lembrança emocionada do teu corpo nu

O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh

Eu te sinto ao longe, perseguir nossas memórias, que ainda palpitam
Que vão morrer em breve
É meu pobre coração que inventou tudo?
Você estava aqui, pelo menos você me amou?
Eu estraguei tudo, eu sei
Eu sei, eu estraguei tudo

O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh

Eu não posso esquecer sua bunda e a pinta perdida
No seu polegar e na pele das suas costas
O resto, eu deixo com você, mas mantenho presa
A lembrança emocionada do teu corpo nu

Eu continuo apaixonado por uma ideia que se apaga
Congelada para sempre em um espelho sem cor
De onde eu te vejo sair maravilhosamente bem
Espiar tua felicidade, torna-a menos cruel para mim

O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh

Não posso esquecer sua bunda e a pinta perdida
No seu polegar e na pele das suas costas
O resto, eu deixo com você, mas mantenho presa
A lembrança emocionada do teu corpo nu

O resto, vou deixar para você, oh, oh
O resto, vou deixar para você, oh, oh

Composição: Clara Luciani / Sage
Enviada por Romualdo e traduzida por Mariana. Revisão por Romualdo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Clara Luciani

Ver todas as músicas de Clara Luciani