Me Ensina, Senhor

Chris Fernandes

Se eu não puder enxergar o sofrimento de alguém
Insensível eu serei
Alguma coisa em mim faltou
Sei que eu precisarei mudar o meu jeito de agir
Tentar ser teu imitador
Mais parecido com o Senhor
Um abraço a quem precisar
Com sabedoria a palavra falar
O sorriso alegrará o coração
Dizer o quanto você é especial meu irmão
Tentar ver com os olhos de Deus
Sentir com seu coração
Como ele agiria agora
Se estivesse em meu lugar

Ajudaria o necessitado
Liberaria perdão
Ele deixaria as indiferenças de lado
Pelo poder do seu amor, do seu amor

Me ensina Senhor, a ser sensível aos teus sentimentos
Me ensina Senhor, a ser sensível aos teus sentimentos
Me ensina Senhor, a ser sensível aos teus sentimentos
Me ensina Senhor, a ser sensível aos teus sentimentos

Tive fome, deste-me de comer
Tive sede, deste-me de beber
Era estrangeiro e hospedaste-me
Estava nu, e vestiste-me
Fui à prisão e fostes ver-me
Pois se assim tu fizeres a um destes pequeninos
Fizestes a mim!

Nada nos Separará

Nem a morte, nem a vida
Nem os anjos, nem principados, potestades
Jamais poderá me separar do teu imenso amor

O meu socorro vem de ti
Minha esperança está em ti
Me refugiarei em ti, meu escudo tu és
Minha confiança está em ti e por amor a ti eu prosseguirei
Tua palavra eu falarei não negarei a minha fé

A tribulação, a angústia, a perseguição, fome e nudez
O perigo, presente e futuro, a altura
Nem a profundidade, nem uma outra criatura me separará de ti, Senhor

O que me falares ouvirei
Onde me enviares eu irei
E ao teu chamar obedecerei
Senhor, ensina-me
E usa-me, Senhor

Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores
Por aquele que nos amou, somos mais que vencedores

Composição: Chris Fernandes
Enviada por Chris.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog