Verlaine (Chanson d'automne)

Charles Trénet

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Verlaine (Chanson d'automne)

Les sanglots longs
Des violons
De l'automne,
Blessent mon c?ur
D'une langueur monotone.
Tout suffocant
Et blême, quand
Sonne l'heure,
Je me souviens
Des jours anciens et je pleure;
Et je m'en vais
Au vent mauvais
Qui m'emporte
Deçà, delà
Pareil à la feuille morte

Verlaine (Chanson d'automne) (Tradução)

Os soluços longos
Violinos
Na queda,
Machucar meu coração
Em um langor monótono.
Todos os sufocante
E pálido, quando
Sons do tempo,
Lembro-me de
Dias de idade e eu choro;
E eu vou
No vento doente
Leve-me para
Aqui e acolá
Como a folha morta


Posts relacionados

Ver mais no Blog