Y'A D'La Joie

Charles Trénet

Original Tradução Original e tradução
Y'A D'La Joie

Y'a d'la joie! Bonjour, bonjour les hirondelles
Y'a d'la joie! Dans le ciel par dessus les toits
Y'a d'la joie! Et du soleil dans les ruelles
Y'a d'la joie! Partout, y'a d'la joie!

Tout le jour, mon coeur bat, chavire et chancelle
C'est l'amour qui vient avec "je ne sais quoi"
C'est l'amour... Bonjour, bonjour les demoiselles
Y'a d'la joie! Partout, y'a d'la joie!

Le gris boulanger bat la pâte à pleins bras
Il fait du bon pain, du pain si fin que j'ai faim
On voit le facteur qui s'envole là-bas
Comme un ange bleu portant ses lettres au Bon Dieu
Miracle sans nom à la station Javelle
On voit le métro qui sort de son tunnel
Grisé de soleil, de chansons et de fleurs
Il court vers le bois, il court à toute vapeur

Y'a d'la joie! La tour Eiffel part en ballade
Comme une folle, elle saute la Seine à pieds joints
Puis elle dit: « Tant pis pour moi si j'suis malade
J'm'embêtais tout' seule dans mon coin... »

Y'a d'la joie! Le percepteur met sa jaquette
Plie boutique et dit d'un air très doux, très doux
« Bien l'bonjour! pour aujourd'hui fini la quête
Gardez tout Messieurs, gardez tout! »

Mais voilà soudain qu'je m'éveille dans mon lit
Donc, j'avais rêvé, oui car le ciel est gris
Il faut se lever, se laver, se vêtir
Et ne plus chanter si l'on n'a plus rien à dire
Mais je crois pourtant que ce rêve a du bon
Car il m'a permis de faire une chanson
Chanson de printemps, chansonnette d'amour
Chanson de 20 ans, chanson de toujours

Y'a d'la joie! Bonjour, bonjour les hirondelles
Y'a d'la joie! Dans le ciel par dessus les toits
Y'a d'la joie! Et du soleil dans les ruelles
Y'a d'la joie! Partout, y'a d'la joie!

Tout le jour, mon coeur bat, chavire et chancelle
C'est l'amour qui vient avec "je ne sais quoi"
C'est l'amour... Bonjour, bonjour les demoiselles
Y'a d'la joie! Partout, y'a d'la joie!...

Há alegria

Há alegria! Bom dia, bom dia, andorinhas
Há alegria! No céu, por cima dos tetos
Há alegria! E sol nas ruas
Há alegria! Em todo lugar, há alegria!

Todo dia, meu coração bate, vira e cambaleia
É o amor que vem com não sei o quê
É o amor... Bom dia, bom dia, meninas
Há alegria! Em todo lugar, há alegria!

O padeiro grisalho bate a massa com toda força
Ele faz um pão bom, um pão tão fino que tenho fome
Vê-se o carteiro que voa lá em frente
Como um anjo azul com suas cartas ao Bom Deus
Milagre sem nome na estação Javelle
Vê-se o metrô que sai do túnel
Embriagado de sol, de canções e de flores
Ele corre em direção aos bosques, ele corre a todo vapor

Há alegria! A Torre Eiffel passou a andar
Como uma louca, ela pula sobre o rio Sena com os pés juntos
Depois ela diz: "Pior para mim se sou louca
Eu me estava chateada sozinha no meu canto.."

Há alegria! O cobrador veste sua jaqueta
Inclina a loja e diz com um ar muito doce, muito doce
"Bem, bom dia! Para hoje terminar a busca
Guardem tudo, senhores, guardem tudo!"

Mas eis de repente que acordo em minha cama
Então, eu sonhara, sim pois o céu está cinza
É preciso se levantar, se lavar, se vestir
E não mais cantar se não se tem nada mais a dizer
Mas eu acho portanto que este sonho foi bom
Pois me permitiu a fazer uma canção
Canção de primavera, cançãozinha de amor
Canção de 20 anos, canção de sempre

Há alegria! Bom dia, bom dia, andorinhas
Há alegria! No céu, sobre os tetos
Há alegria! E sol nas ruas
Há alegria! Em todo lugar, há alegria!

Todo dia, meu coração bate, vira e cambaleia
É o amor que vem com não sei o quê
É o amor... Bom dia, bom dia, meninas
Há alegria! Em todo lugar, há alegria!

Composição: Charles Trénet / Michel Emer / Ram
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog