Que C'est Triste Venise

Charles Aznavour

Original Tradução Original e tradução
Que C'est Triste Venise

Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus

On cherche encore des mots
Mais l'ennui les emporte
On voudrait bien pleurer
Mais on ne le peut plus

Que c'est triste Venise
Lorsque les barcaroles
Ne viennent souligner
Que les silences creux
Et que le coeur se serre
En voyant les gondolles
Abriter le bonheur
Des couples amoureux

Que c'est triste Venise
Au temps des amours mortes
Que c'est triste Venise
Quand on ne s'aime plus

Les musées, les églises
Ouvrent en vain leurs portes
Inutile beauté
Devant nos yeux déçus

Que c'est triste Venise
Le soir sur la lagune
Quand on cherche une main
Que l'on ne vous tend pas
Et que l'on ironise
Devant le clair de lune
Pour tenter d'oublier
Ce que l'on ne se dit pas

Adieu tous les pigeons
Qui nous ont fait escorte
Adieu Pont des Soupirs
Adieu rêves perdus

C'est trop triste Venise
Au temps des amours mortes
C'est trop triste Venise
Quand on ne s'aime plus

Tão Triste É Veneza

Tão triste é Veneza
Nos tempos dos amores mortos
Tão triste é Veneza
Quando a gente não se gosta mais

A gente ainda procura palavras
Mas o tédio as leva
A gente gostaria de chorar
Mas não pode mais

Tão triste é Veneza
Quando os gondoleiros
Vem somente frisar
Silêncios ocos
E que o coração se aperta
Olhando para as gôndolas
Abrigar a felicidade
Dos casais apaixonados

Tão triste é Veneza
Nos tempos dos amores mortos
Tão triste é Veneza
Quando a gente não se gosta mais

Os museus,as igrejas
Abrem as portas delas em vão
Beleza inútil
Diante de nossos olhos decepcionados

Tão triste é Veneza
A noite na laguna
Quando a gente procura uma mão
Aquela que não se estende
E quando a gente ironiza
Em frente ao luar
Para tentar esquecer
O que a gente não se diz

Adeus a todos os pombos
Que nos escoltaram
Adeus a ponte dos suspiros
Adeus, sonhos perdidos

Veneza é triste demais
Nos tempos de amores mortos
Veneza é triste demais
Quando a gente não se gosta mais

Composição: Charles Aznavour / Françoise Dorin
Legendado por Hugo. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog