Coreto

Céu

Eu sou a voz que balançou o teu coreto
Eu prometi não estremecer mais
Teu coração já nos provou não ter sustento
Pra suportar a erupção​​​
De uma voz incandescente como as lavas de um vulcão

Mas você petrificou, tudo, tudo que queimava​​​
Trate de se resolver, pois agora
Tô cantando mais que nunca
O que aflora, eu quero ser a sua trilha
Quero tocar na sua rádio​​​
Alfa by night
By night

Enviada por João. Legendado por Fabiana.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Céu

Ver todas as músicas de Céu