Os Dados Estão Lançados

Cérebro Eletrônico

No carro, os dois calados
Você soltou do nada
Que estava afim de mim
e muito mais

Eu do teu lado quieto
Fiquei lisonjeado
Mas estou prometido para ser também
dos outros

No dia da minha festa
Você ficou com outra
Mas antes veio me pedir permissão

Te concedi na boa
Com a cabeça em Vênus
Pensando logo menos eu vou com vocês
Pra cama
Os dados estão lançados, linda
Eu vou jogar
Meu deus está a solta
Eu vou me endiabrar
Os dados estão lançados, linda
Eu vou jogar
Enquanto Deus calar a boca
Eu vou falar

Meu lado pervertido
O outro santo adicto
Minha filosofia não deu pé

Freud está morto disse
O mestre Lars Von Trier
O inferno está cheio de divãs

O céu perece intacto
Virgem impenetrável
Baby, já não existe o bem e o mal

Refrão

Enquanto Deus calar a boca
Eu vou usar o meu livre-arbítrio

Deus é mais
O diabo é menos
O homem é mais ou menos

Composição: Fernando Maranho / Tatá Aeroplano
Enviada por higgo. Revisão por higgo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Cérebro Eletrônico

Ver todas as músicas de Cérebro Eletrônico