Incognito

Céline Dion

Original Tradução Original e tradução
Incognito

Incognito
Bien dans ma peau
Incognito
Je recommence ma vie à zéro

Incognito
Sans dire un mot
Incognito
C'est pas facile de te tourner le dos

M'en aller loin d'ici
M'en aller loin de toi, loin de moi
Loin d'ici une autre vie
Loin de toi, il existe une autre moi

M'en aller dans un pays
Où personne ne saura qui je suis
Solitaire je chercherai
Sur la terre un coin où je t'oublierai

Loin de nous
Loin de tout
Loin du monde où j'étais ta possession
Loin de nous
Loin de tout
J'oublierai ton nom et mon nom

Je m'en irai incognito
Bien dans ma peau
Incognito
Je recommence ma vie à zéro

Incognito
Sans dire un mot
Incognito
C'est pas facile de te tourner le dos

Je m'en vais aujourd'hui
Loin de mes amis, de tes amis
Qui diront ce qu'ils voudront
Dans mon dos
Je n'en saurai pas un mot

Je m'en vais au bout du monde
S'il le faut je m'ferai teindre en blonde
Si jamais tu me revois
J'te promets qu' tu n'me reconnaîtras pas

Loin de nous
Loin de tout
Loin du monde où j'étais ta possession
Loin de nous
Loin de tout
J'oublierai ton nom et mon nom
Je m'en irai

Incognito
Bien dans ma peau
Incognito
Je recommence ma vie à zéro

Incognito
Sans dire un mot
Sans dire un mot
Pas facile de te tourner le dos

Incognito
Bien dans ma peau
Incognito
Je recommence ma vie à zéro

Incognito (Tradução)

Incógnita
Bem na minha pele
Incógnita
Recomeço a minha vida do zero

Incógnita
Sem dizer uma palavra
Incógnita
Não é fácil virar-lhe a costas

Ir-me-ei pra longe daqui
Ir-me-ei pra longe de ti, longe de mim
Longe até de outra vida
Longe de ti existe outra de mim

Ir-me-ei a um país
Onde ninguém saberá quem sou
Solitária procurarei
Sobre a terra um canto onde te esquecerei

Longe de nós
Longe de tudo
Longe do mundo onde eu era a tua possessão
Longe de nós
Longe de tudo
Esquecerei o teu nome e o meu nome

Ir-me-ei incógnita
Bem na minha pele
Incógnita
Recomeço a minha vida do zero

Incógnita
Sem dizer uma palavra
Incógnita
Não é fácil virar-lhe a costas

Vou-me hoje
Longe dos meus amigos, dos teus amigos
Que dirão o que querem
Nas minhas costas
Não saberei uma palavra

Vou-me ao fim do mundo
Se for necessário tingir-me-ei de loira
Se nunca me reveres
Prometo-te que não me reconhecerás

Longe de nós
Longe de tudo
Longe do mundo onde era a tua possessão
Longe de nós
Longe de tudo
Esquecerei o teu nome e o meu nome
Ir-me-ei

Incógnita
Bem na minha pele
Incógnita
Recomeço a minha vida do zero

Incógnita
Sem dizer uma palavra
Incógnita
Não fácil girar-lhe a costas

Incógnita
Bem na minha pele
Incógnita
Recomeço a minha vida do zero

Composição: Daniel Lavoie / Luc Plamondon
Enviada por Samila.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog