Quand On N'a Que L'amour

Céline Dion

Original Tradução Original e tradução
Quand On N'a Que L'amour

Quand on n'a que l'amour
À s'offrir en partage
Au jour du grand voyage
Qu'est notre grand amour
Quand on n'a que l'amour
Mon amour toi et moi
Pour qu'éclatent de joie
Chaque heure et chaque jour
Quand on n'a que l'amour
Pour vivre nos promesses
Sans nulle autre richesse
Que d'y croire toujours
Quand on n'a que l'amour
Pour meubler de merveilles
Et couvrir de soleil
La laideur des faubourgs
Quand on n'a que l'amour
Pour unique raison
Pour unique chanson
Et unique secours
Quand on n'a que l'amour
Pour habiller matin
Pauvres et malandrins
De manteaux de velours
Quand on n'a que l'amour
À offrir en prière
Pour les maux de la terre
En simple troubadour
Quand on n'a que l'amour
À offrir à ceux-là
Dont l'unique combat
Est de chercher le jour
Quand on n'a que l'amour
Pour tracer un chemin
Et forcer le destin
À chaque carrefour
Quand on n'a que l'amour
Pour parler aux canons
Et rien qu'une chanson
Pour convaincre un tambour

Alors sans avoir rien
Que la force d'aimer
Nous aurons dans nos mains
Amis le monde entier

Quando Se Tem Amor

Quando se tem amor
Para compartilhar
No dia dessa viagem
Que é o nosso grande amor
Quando se tem amor
Meu amor, você e eu
Para morrer de alegria
A cada hora e a cada dia
Quando se tem amor
Prara viver nossas promessas
Sem riqueza nenhuma
A não ser a riqueza de acrediatr nelas
Quando se tem amor
Para enfeitar com maravilhas
E cobrir com sol
A feiura da miséria
Quando só se tem amor
Como única razão
Como única canção
E única saída
Quando se tem amor
Para vestir o amanhecer
Pobres e bandidos
Com casacos de veludo
Quando se tem amor
Para se unir em oração
A favor dos males desta terra
Como um simples trovador
Quando se tem amor
Para entregar a essa gente
Que vai à luta
Em busca de luz
Quando se tem amor
Para traçar um caminho
E ajudar o destino
Cada vez que cruzamos com ele
Quando se tem amor
Para falar aos canhões
E bastasse uma canção
Para convecer os tambores

Só então, quando não tivermos mais nada
A não ser esta força que é o amor
Teremos na palma de nossas mãos
Meu amigo, o mundo inteiro

Composição: Jacques Brel
Enviada por Altiere. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Céline Dion

Ver todas as músicas de Céline Dion