A Casa de Pedra

Cassiano

No ar parei, sei que estou
Dirijo a vida pelo retrovisor
É este o meu supremo poder
Perder meu amor nunca, jamais
A arte de saber amar
Quem a possui viaja além das nuvens
Os anjos dizem amém
O sonho começou, sonhar demais
Amar, amar sobre todos os aspectos
No mundo sou igual a todo mundo
Quem quer se levantar aceita a condição
O homem
Espelho e expressão
O homem
Anda ligeiro que a turma vai na frente com a esperança
A fim da verdade mostrar
São tantas flores que as ruas cheias de sorriso
Rio, pego o pilão e vou pilar
Nós só sabemos de amar
Quanta gente linda neste mundo morrendo aos poucos
Nosso amor continua cada vez mais
Herdei do seio da família
Que me ensinou menino e eu me fiz
Metais e aços dão a cor que brilha em mim
O homem
O quarto chega a ter
O homem
Momentos de crescer
Se ainda és minha, se ainda és minha
Pois vem ser feliz junto a mim
São tantas flores que as ruas cheias de sorriso
Rio, pego o pilão e vou pilar
Nós só sabemos de amar
Planta, planta, planta, planta, planta para colher
Iremos de automóvel ou até mesmo a pé
Pra a igreja mais próxima
Plantar, colher, plantar
Iremos de automóvel ou até mesmo a pé

Composição: Cassiano
Enviada por Jeferson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Cassiano

Ver todas as músicas de Cassiano