Vacant Surrender (feat. Victor Borba)

Casey Edwards

Original Tradução Original e tradução
Vacant Surrender (feat. Victor Borba)

Dark skies and burning flame
I cannot hear you
I cannot feel you
Stained glass reflects the blame
I cannot see you
I cannot feel you

Hopeless abandon
Wandering stranded
Now that you’re lost tell me
What do you see?

I feel the weight of the world
It’s crushing me, squeezing me, making me drown
I can’t rewind all this time
It’s ticking and tocking and crashing around
It’s coming faster everyday
It’s coming to take us away
It’s coming
It’s coming

Blank eyes and muffled screams
I cannot hear you
I cannot feel you
Last grip fueled by machines
I cannot see you
I cannot feel you

Help me remember
Vacant surrender
Now that you’re lost tell me
What do you see?

I feel the weight of the world
It’s crushing me, squeezing me, making me drown
I can’t rewind all this time
It’s ticking and tocking and crashing around
It’s coming faster everyday
It’s coming to take us away
It’s coming
It’s coming

Cast away bones extend their hands
You reach out of fear but you don’t understand
One spin is all you get control where you land
Don’t throw it away or you’ll sink in the sand
Gasping for air you fall where you stand
The light starts to show there’s no master plan
Your memory fades as time will command
Hold on tight
Succumb
Succumb

Help me remember
Vacant surrender

I feel the weight of the world
It’s crushing me, squeezing me, making me drown
I can’t rewind all this time
It’s ticking and tocking and crashing around
It’s coming faster everyday
It’s coming to take us away
It’s coming
It’s coming

Vaga Rendição (part. Victor Borba)

Céus escuros e chamas ardentes
Eu não posso te ouvir
Não consigo te sentir
O vitral reflete a culpa
Eu não posso te ver
Não consigo te sentir

Abandono desesperado
Vagando encalhado
Agora que você está perdido, me diga
O que você vê?

Eu sinto o peso do mundo
Está me esmagando, me apertando, me fazendo afogar
Eu não consigo retroceder todo esse tempo
Está tiquetaqueando e batendo
Está vindo mais rápido todos os dias
Está vindo para nos levar embora
Está chegando
Está chegando

Olhos vazios e gritos abafados
Eu não posso te ouvir
Não consigo te sentir
Última aderência alimentada por máquinas
Eu não posso te ver
Não consigo te sentir

Me ajude a lembrar
Rendição vaga
Agora que você está perdido, me diga
O que você vê?

Eu sinto o peso do mundo
Está me esmagando, me apertando, me fazendo afogar
Eu não consigo retroceder todo esse tempo
Está tiquetaqueando e batendo
Está vindo mais rápido todos os dias
Está vindo para nos levar embora
Está chegando
Está chegando

Ossos jogados fora estendem suas mãos
Você estende a mão por medo, mas não entende
Um giro é tudo que você tem para controlar onde pousar
Não jogue fora ou você vai afundar na areia
Ofegando por ar, você cai onde está
A luz começa a mostrar que não há plano mestre
Sua memória se desvanece conforme o tempo manda
Segure firme
Sucumba
Sucumba

Me ajude a lembrar
Rendição vaga

Eu sinto o peso do mundo
Está me esmagando, me apertando, me fazendo afogar
Eu não consigo retroceder todo esse tempo
Está tiquetaqueando e batendo
Está vindo mais rápido todos os dias
Está vindo para nos levar embora
Está chegando
Está chegando

Enviada por Davi e traduzida por João.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog