Bury The Light (feat. Victor Borba)

Casey Edwards

Original Tradução Original e tradução
Bury The Light (feat. Victor Borba)

Immortal temptation
Takes over my mind
Condemned
Falling weak on my knees
Summon the strength
Of Mayhem

I am the storm that is approaching
Provoking
Black clouds in isolation
I am reclaimer of my name
Born in flames
I have been blessed
My family crest is a demon of death

Forsakened I am awakened
A phoenix’s ash in dark divine
Descending misery
Destiny chasing time

Inherit the nightmare
Surrounded by fate
Can’t run away
Keep walking the line
Between the light
Led astray

Through vacant halls I won’t surrender
The truth revealed in eyes of ember
We fight through fire and ice forever
Two souls once lost and now they remember

I am the storm that is approaching
Provoking
Black clouds in isolation
I am reclaimer of my name
Born in flames
I have been blessed
My family crest is a demon of death

Forsakened I am awakened
A phoenix’s ash in dark divine
Descending misery
Destiny chasing time
Disappear into the night
Lost shadows left behind
Obsession’s pulling me
Fading I’ve come to take what’s mine

Lurking in the shadows under veil of night
Constellations of blood pirouette
Dancing through the graves of those who stand at my feet
Dreams of the black throne I keep on repeat
A derelict of dark summoned from the ashes
The puppet master congregates all the masses
Pulling strings twisting minds as blades hit
You want this power then come try and take it

Beyond the tree
Fire burns
Secret love
Bloodline yearns
Dark minds embrace
Crimson Joy
Does your dim heart
Heal or Destroy?

Bury the light deep within
Cast aside there’s no coming home
We’re burning chaos in the wind
Drifting in the ocean all alone

Enterrar a Luz

Tentação imortal
Toma conta da minha mente
Condenado
Caindo fraco de joelhos
Invocando o poder
Do caos

Sou a tempestade que se aproxima
Provocando
Nuvens escuras isoladas
Sou o reclamador do meu nome
Nascido em chamas
Eu fui abençoado
Meu brasão de família é um demônio da morte!

Abandonado, estou desperto
A cinza de uma fênix no escuro divino
Caído na miséria
Hora de perseguir o destino

Herdo o pesadelo
Cercado pelo destino
Não posso fugir
Continuo caminhando
Entre a luz
Desviado

Entre corredores vazios, não vou me render
A verdade revelada nos olhos de brasa
Lutamos através de fogo e gelo para sempre
Duas almas perdidas, agora se relembram

Sou a tempestade que se aproxima
Provocando
Nuvens escuras isoladas
Sou o reclamador do meu nome
Nascido em chamas
Eu fui abençoado
Meu brasão de família é um demônio da morte!

Abandonado, estou desperto
A cinza de uma fênix no escuro divino
Caído na miséria
Hora de perseguir o destino
Desaparecendo na noite
Sombras perdidas, deixadas para trás
Obsessão me puxando
Desvanecendo, vim pegar o que é meu!

Espreitando nas sombras sob o véu da noite
Constelações de sangue piruetam
Dançando pelas tumbas daqueles que estão aos meus pés
Sonhos com o trono negro eu continuo repetindo
Um desprezado da escuridão, convocado das cinzas
O mestre das marionetes reúne todas as massas
Puxando cordas, torcendo mentes enquanto lâminas golpeiam
Quer esse poder? Então vem tentar pegar

Além da árvore
Fogo queima
Amor secreto
Anseios da linhagem
Mentes escuras abraçam
Alegria carmesim
Seu fraco coração
Cura ou destrói?

Enterre a luz profundamente, dentro de mim
Deixado de lado, não há mais volta à casa
Estamos queimando o caos ao vento
À deriva no oceano sozinho

Composição: Capcom Sound Team
Enviada por Henrique e traduzida por Artur. Legendado por Marco. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog