Una Palabra

Carlos Varela

Original Tradução Original e tradução
Una Palabra

Una palabra no dice nada
Y al mismo tiempo lo esconde todo
Igual que el viento que esconde el agua
Como las flores que esconde el lodo

Una mirada no dice nada
Y al mismo tiempo lo dice todo
Como la lluvia sobre tu cara
O el viejo mapa de algún tesoro
Como la lluvia sobre tu cara
O el viejo mapa de algún tesoro

Una verdad no dice nada
Y al mismo tiempo lo esconde todo
Como una hoguera que no se apaga
Como una piedra que nace polvo

Si un día me faltas no seré nada
Y al mismo tiempo lo seré todo
Porque en tus ojos están mis alas
Y está la orilla donde me ahogo
Porque en tus ojos están mis alas
Y está la orilla donde me ahogo

Uma Palavra

Uma palavra não diz nada
E ao mesmo tempo esconde tudo
Igual ao vento que esconde a água
Como as flores que a lama esconde

Um olhar não diz nada
E ao mesmo tempo diz tudo
Como a chuva em seu rosto
Ou o antigo mapa de algum tesouro
Como a chuva em seu rosto
Ou o antigo mapa de algum tesouro

Uma verdade não diz nada
E ao mesmo tempo esconde tudo
Como uma fogueira que não se apaga
Como uma pedra que nasce poeira

Se um dia me faltares, não serei nada
E ao mesmo tempo serei tudo
Porque em seus olhos estão minhas asas
E é a onda onde eu me afogo
Porque em seus olhos estão minhas asas
E é a onda onde eu me afogo

Composição: Carlos Varela
Enviada por Herivan. Legendado por Mateus. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Carlos Varela

Ver todas as músicas de Carlos Varela