O Fado é Sempre Fado

Carlos Ramos

Canta-se ao fado a tristeza
Canta-se ao fado a saudade
O fado canta a beleza
E a singeleza da mocidade

Ao fado canta-se a vida
Ao fado canta-se a morte
O fado canta a partida
A despedida e a nossa sorte

O fado é triste, porquê não sei
Só sei que existe na nossa grei
O fado eterno é amigo dedicado
Quer antigo quer moderno, nosso fado é sempre fado

O amor canta-se ao fado
Cantam-se ao fado os desejos
E quando estás a meu lado
Fado adorado, sinto os teus beijos

Desprezo, ódio, ciúme
Tudo no fado se esquece
Quer no riso ou no queixume
O fado é lume que nos aquece

Composição: Alves Coelho Filho
Enviada por Mário.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Carlos Ramos

Ver todas as músicas de Carlos Ramos