Ana Foliana

Carlos Dafé

Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana

Canta os hinos na igreja
Versa no meio de bamba
Mata a sede com cerveja
Batuca na roda de samba
Afinada no gogó
Sapateia e diz no pé
No norte dança o carimbó
No nordeste sai no afoxé
No norte dança o carimbó
No nordeste sai no afoxé

Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana

No amazonas é bom vermelho
No maranhão é boi bumbá
Se enfeita no espelho
E lá vai ela desfilar
Ela gosta de kizomba
Não tem medo de kizumba
Tira onde de ogã
Puxa ponto na macumba
Tira onde de ogã
Puxa ponto na macumba

Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana

Debaixo do dendezeiro
Faz culto de candomblé
Dá umbigada no jongueiro
É danada essa mulher
Na ciranda, no lundu
Lá pela serra mineira
Na roda de caxambu
Ela ginga capoeira
Girando no (...)
De gaita de fole é rancheira
Em são paulo, no sertão
Caipira, violeira
De havaiana, foliã
Toda (...) e faceira
Eita mulher brasileira

Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana
Ana foliã, é a ana foliana


Posts relacionados

Ver mais no Blog