Funeral (part. WOS)

CAMI

Original Tradução Original e tradução
Funeral (part. WOS)

Que curada estoy, de tu falta de amor
No vuelvas a contagiarme tu sabor
Que bonita estoy, sin necesidad de que me lo digas
Ay, que me digas que bonita estoy

Dígame pa' qué viene, si nadie lo invitó
Dígame a quién quiere salvar, si nadie lo pidió
Dígame quién trae flores a su propio funeral
¿No ve que el amor está muerto y lo vamos a enterrar?

Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral

No vine pa' contarte un cuento
Vine a cambiar la historia que ahora llevo adentro
No quiero perder la magia del momento
Ni adaptarme a vos, modificando lo que siento

No quería que esto muera y sentirte lejos
Pero qué sé yo, ya cambió mi pellejo
No entiendo lo que gano y lo que dejo
Y si te miro a los ojos, veo amargo mi reflejo

Dígame pa' qué viene, si nadie lo invitó
Dígame a quién quiere salvar, si nadie lo pidió
Dígame quién trae flores a su propio funeral
¿No ve que el amor está muerto y lo vamos a enterrar?

Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral

Mil veces te conté la maldita manera de hacerme caer
Perdón, cariño, no resucito muertos, no resucita ni a los besos
Y tu cabeza te cuenta mil cuentos, y tus ojitos me dicen lo siento
Y aquí te tengo, rezándome como si fuera templo

Eso no era amor, era una cárcel
Pero ni atrás de los barrotes van a silenciarme
Si vine hasta acá, es porque no pienso borrarme
Y este funeral quizás me sirva pa' sanarme

El amor estaba ahí, yo queriendo que transmite
Pero estaba agonizando y me pidió que lo ejecute
Esta oscuridad maquillada de luz ya no me nutre
Lo que parece infinito, a veces, también se pudre

Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral
Es un funeral, es un funeral

Funeral (part. WOS)

Estou curada da sua falta de amor
Não volte a me infectar com o seu gosto
Não preciso que você me diga que estou bonita
Ai, que me diga como eu estou bonita

Me diz pra que você veio, se ninguém te convidou
Me diz quem você quer salvar, se ninguém te pediu isso
Me diz quem traz flores para o seu próprio funeral
Você não vê que o amor está morto e nós o enterraremos?

É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral

Eu não vim pra te contar uma história
Vim para mudar a história que agora levo dentro de mim
Eu não quero perder a magia do momento
Nem me adaptar a você, mudando o que eu sinto

Eu não queria que isso morresse e te sentisse longe
Mas eu sei lá, minha pele já mudou
Não entendo o que ganho e o que perco
E se eu te olho nos olhos, vejo meu reflexo amargo

Me diz pra que você veio, se ninguém te convidou
Me diz quem você quer salvar, se ninguém te pediu isso
Me diz quem traz flores para o seu próprio funeral
Você não vê que o amor está morto e nós o enterraremos?

É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral

Mil vezes eu te contei a maldita maneira de me fazer cair
Desculpe, querido, eu não ressuscito mortos, não ressuscita nem com beijos
E sua cabeça te conta mil histórias e seus olhinhos me dizem que sente muito
E eu te tenho aqui, orando pra mim como se eu fosse um templo

Isso não era amor, era uma prisão
Mas nem atrás das grades eles vão me calar
Se eu vim até aqui, é porque eu não penso em sumir
E talvez este funeral me ajude a me curar

O amor estava lá, eu querendo transmiti-lo
Mas eu estava morrendo e me pediu para executá-lo
Essa escuridão disfarçada de luz não me nutre mais
O que parece infinito, às vezes, também apodrece

É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral
É um funeral, é um funeral

Composição: Cami / Sam Hanson / WOS / Ximena Muñoz
Enviada por Taylor e traduzida por Nathalia. Legendado por Taylor.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de CAMI

Ver todas as músicas de CAMI