Todo Se Mueve

Calle 13

Original Tradução Original e tradução
Todo Se Mueve

Cuando la percusión fluye
Tu cuerpo se construye y se destruye
Se caen los huesos, la piel se estira
Todo lo que tiene ritmo respira
Todo tiene ritmo, todo se menea
Aunque seas parapléjico tu corazón bombea
Marcando el tiempo, un patrón de movimiento
Uso mis latidos como instrumento
Todo lo que suena lo siento
Aunque sea sordo lo siento
Hay que moverse, Hay que asumir el rol
Como los planetas giran alrededor del Sol
La misma órbita, diferente velocidad
Desafiando la ley de gravedad
El volumen de tu cuerpo dando un concierto
Como un huracán moviendo el viento

Todo se mueve, la tierra se mueve
Las piernas se mueven, el agua se mueve
El tiempo se mueve, la sangre se mueve
Cuando yo recito tú te mueves

Todo se mueve, la tierra se mueve
Las piernas se mueven, el agua se mueve
El tiempo se mueve, la sangre se mueve
Cuando yo canto tú te mueves

El sonido baila aunque no lo veas
Sube y baja como la marea
Si te detienes el corazón se atora
Lo que no se mueve, no se mejora
Se enferma y se queda quieto
No se reproduce, Envejece sin nietos
Por eso No hay excusa para el que no menea
Si no tienes cuerpo, menea las ideas
Por Dios! Menea lo que sea
Si no Fela kuti te va a dar con la correa
No te justifiques, no quiero quejas
Si te aburres solo pues busca una pareja
Lo mío con lo tuyo encima rima
Como Perú rima con Lima
Baila con todo lo que te rodea
Cuerpo con cuerpo Como si fuera una pelea
Nuestra movida violentamente matadora
Judo, lambada, patadas voladoras
Tirame con todo pero que sea ahora
Se junto la batidora con la lavadora

Todo se mueve, la tierra se mueve
Las piernas se mueven, el agua se mueve
El tiempo se mueve, la sangre se mueve
Cuando yo recito tú te mueves

Todo se mueve, la tierra se mueve
Las piernas se mueven, el agua se mueve
El tiempo se mueve, la sangre se mueve
Cuando yo canto tú te mueves

Tudo Se Move

Quando soa a batida
Seu corpo se constrói e se destrói
Os ossos caem, a pele se estica
Tudo que tem ritmo respira
Tudo tem ritmo, tudo treme
Mesmo sendo paraplégico, seu coração bombeia
Marcando o tempo, um padrão de movimento
Uso meus batimentos como instrumento
Tudo que tem som eu sinto
Mesmo sendo surdo, eu sinto
Precisa se mexer, tem que assumir o papel
Como os planetas giram ao redor do Sol
A mesma órbita, velocidade diferente
Desafiando a lei da gravidade
O volume do seu corpo fazendo um concerto
Como um furacão movendo o vento

Tudo se move, a terra se move
As pernas se movem, a água se move
O tempo se move, o sangue se move
Quando eu recito você se move

Tudo se move, a terra se move
As pernas se movem, a água se move
O tempo se move, o sangue se move
Quando eu canto você se move

O som dança mesmo que não veja
Sobe e baixa como a maré
Se você para o coração fica preso
O que não se move, não se melhora
Adoece e fica parado
Não se reproduz, envelhece sem netos
Por isso não tem desculpa para quem não se mexe
Se não tem corpo, mexa as ideias
Por Deus, mexa o que for
Se não Fela Kuti vai te botar na correia
Não de desculpas, não quero reclamação
Se si entedia então busque uma parceira
O meu com o seu, da rima
Como Perú rima com Lima
Dance com tudo que te cerca
Corpo com corpo, como se fosse uma luta
Nosso movimento violentamente matador
Judo, lambada, chutes voadores
Me jogue com tudo, mas que seja já
Se juntou a batedeira com a máquina de lavar

Tudo se move, a terra se move
As pernas se movem, a água se move
O tempo se move, o sangue se move
Quando eu recito você se move

Tudo se move, a terra se move
As pernas se movem, a água se move
O tempo se move, o sangue se move
Quando eu canto você se move

Composição: Eduardo Cabra / Rafael Rafa Arcaute / René Pérez
Enviada por Deba e traduzida por Marcelo. Revisão por kike.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog