Amy In The White Coat

Bright Eyes

Original Tradução Original e tradução
Amy In The White Coat

You take your clothes off
Right after school
The TV's on
The flame is blue
And you hope it won't take
All afternoon
The TV's waiting
To talk to you
It's your naked body
On white velour
But there's no feeling
Just weight on you
But you get nauseous now
As he speaks to you
Such proper language
For acts so cruel
He says "we all follow the rules
We can't very well go and break them now can we?
For you, for you, for you..

Your older sisters,
I had them too,
But you're my favorite
You know it's true.
You look like your mother
In that thin disguise
Your parting mouth,
Your shining eyes.
And the way that you hate me
And the length of your hair
It's the reason I make you
It's the bond that we share
Cos you were all trying to endure it
You could easily go and make your own life somewhere
Couldn't you? Couldn't you? Couldn't you, couldn't you, couldn't you, couldn't you, couldn't you?"

With the sun beams bright
You keep your eyes shut
Your alarm clock lies
Get to school on time
But you're a bag of warm fluid
You're the coarse in the class
You walk so near to your locker
You lay so low in the grass
Did you get that coat from the principal?
Did you get that bruise on the bus?
You should wash your hair more
You should look more like us.
But I saw you walking once
Under powder blue skies
You looked cold still
Your collar was high
And I tried to talk to you
But you walked right by
I don't know which I said then,
"Hello" or "Goodbye"
And yet we're all trying to be pure
But it isn't a very easy thing, now is it?
To do, To do, To do, To do, To do, To do
Isn't it, Isn't it, Isn't it, Isn't it, Isn't it, Isn't it, Isn't it, Isn't it?

Amy De Casaco Branco

Você tira suas roupas
Logo depois da escola
A TV está ligada
A chama é azul
E você espera que não dure
A tarde inteira
A TV está esperando
Pra conversar com você
É o seu corpo nu
Em um veludo branco
Mas não tem sentimento
Só peso em cima de você
E você se enoja agora
Enquanto ele fala com você
Uma linguagem tão própria
Pra atos tão cruiés
Ele diz "nós todos seguimos as regras
Não podemos quebrá-las agora, podemos?"
Por você, por você, por você...

Suas irmãs mais velhas,
Eu as tenho também,
Mas você é minha favorita
Você sabe que sim.
Você se parece com sua mãe
Nesse disfarce franzino
Sua boca festiva,
Seus olhos brilhantes.
E o jeito que você me odeia
E as curvas de seu cabelo
É a razão pela qual eu te fiz
É a ligação que compartilhamos
Porque vocês todas tentam resistir
Você poderia facilmente fazer sua vida fora daqui
Não poderia? Não poderia? Não poderia? Não poderia?

Com o Sol brilhando forte
Você mantém seus olhos fechados
O despertador toca
Vá pra escola á tempo.
Mas você é um saco de fluídos quentes
Você é a rude da classe
Você caminha tão perto do seu armário
Deita tão fundo na grama
Ganhou esse casaco do diretor?
Fez esse machucado no ônibus?
Deveria lavar mais seu cabelo
Deveria se parecer mais com a gente.
Mas eu te vi andando uma vez
Debaixo de um céu azul
Você parecia com frio
Sua gola era alta
E eu tentei falar com você
Mas você só caminhou
Não sei o que eu disse,
"Olá" ou "Adeus"
E ainda assim estamos tentando ser puros
Mas não é uma coisa muito fácil, não é?
De se fazer, de se fazer, de se fazer
Não é, não é, não é, não é, não é?

Enviada por Mariana e traduzida por Poliana.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog