At The Bottom Of Everything

Bright Eyes

Original Tradução Original e tradução
At The Bottom Of Everything

So there was this woman and
she was, uh, on an airplane and
she's flying to meet her fiancé
sailing high above the--the largest ocean
on planet earth and she was seated
next to this man who, you know
she had tried to start conversations
an really--really the only thing
she heard him say was to order his bloody mary
and she's sitting there and she's reading
this really arduous magazine article about a
third world country that she couldn't
even pronounce the--the name of and
she's feeling very bored and very despondent
and--and then, uh, suddenly there's this huge mechanical failure and one of the--the engines gave out
and they started just falling -an- thirty thousand feet
and the pilot's on the microphone and he's saying,
"I'm sorry, I'm sorry, Oh My God, I'm Sorry"
and apologizing and she looks at the man and she--and she says,
"Where are we going?" and he looks at her and he says,
"We're going to a party, it--it's a birthday party.
It's your birthday party, happy birthday darling.
We love you very, very, very, very, very, very, very much."
And then, uh, he starts humming this little tune and--and, uh, it kind of goes like this, it's kinda:

One, Two, One, Two, Three, Four
We must talk in every telephone, get eaten off the web
We must rip out all the epilogues from the books we have read
And to the face of every criminal strapped firmly to a chair
We must stare, we must stare, we must stare.

We must take all of the medicines too expensive now to sell
Set fire to the preacher who is promising us hell
And in the ear of every anarchist that sleeps but doesn't dream
We must sing, we must sing, we must sing.

And it'll go like this, alright
While my mother waters plants my father loads his gun.
He says, "Death will give us back to God,
just like the setting sun
is returned to the lonesome ocean."

And then they splashed into the deep blue sea.
(Oh,)It was a wonderful splash.

We must blend into the choir, sing as static with the whole,
We must memorize nine numbers and deny we have a soul,
And to this endless race for property and privilege to be won
We must run, we must run, we must run.

We must hang up in the belfry where the bats in moonlight laugh
We must stare into a crystal ball and only see the past
And (in)to the caverns of tomorrow with just our flashlights and our love
We must plunge, we must plunge, we must plunge.

And then we'll get down there,
way down to the very bottom of everything
and then we'll see it, oh we'll see it, we'll see it, we'll see it.

Oh my morning's coming back
The whole world's waking up
Oh the city bus is swimming past.
I'm happy just because
I found out I am really no one.

No Fundo de Tudo

Então tinha essa mulher e
ela estava, hmm, em um avião e
ela estava voando para encontrar o noivo
velejando acima do--do largo oceano
do planeta terra e ela estava sentada
próxima desse homem que, você sabe ela tentou puxar conversas
uma única--única coisa
ela ouvia ele pedir sua bloody mary [bebida]
e ela estava lá e ela estava lendo
este realmente árduo artigo de revista sobre um
país de terçeiro mundo que ela não poderia
sequer pronunciar o--o nome dele e
ela sentia-se muito entediada e muito desapontada
e--e então, hmm, de repente teve esta falha
mecânica e um dos--dos motores parou
e eles começaram a cair -uns- trinta mil pés
e o piloto no microfone e ele dizendo:
''Eu sinto, sinto muito, meu deus, como sinto''
e se desculpando e ela olha pro homem e ela--e ela diz:
''Aonde estamos indo?'' e ele olha pra ela e ele diz:
''Nós estamos indo a uma festa. É--é uma festa de aniversário''
''É sua festa de aniversário, feliz aniversário querida.
Nós te amamos muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito mesmo''
E então, hmm, ele começou a cantarolar essa canção e--e, hmm, é tipo assim, é assim:

Um, dois, um, dois, três, quatro
Nós devemos conversar em cada telefonema, comer fora da rede
Nós devemos rasgar todos os epílogos dos livros que nós já lemos
E encarar cada criminoso amarrado firme na cadeira
Nós devemos arregalar, nós devemos arregalar, nós devemos arregalar.

Nós devemos pegar todos os medicamentos caros agora para vender
Atear fogo nos pregadores que nos prometeram o inferno
E em cada orelha anticrista que dorme e não sonha
Nós devemos cantar, nós devemos cantar, nós devemos cantar

E vai ser tipo assim, tudo bem
Enquanto minha mãe molha as plantas meu pai carrega sua arma.
Ele diz ''A morte vai nos levar de volta pra Deus
como o sol poente
volta por oceano solitário.''

E então eles bateram no fundo do mar azul
[Oh] Foi uma maravilhosa batida.

Nós devemos nos misturar no coro, cantar como estático com o resto
Nós devemos memorizar nove números e negar que temos uma alma
E no término da corrida por propriedade e privilégio a serem ganhos
Nós devemos correr, nós devemos correr, nós devemos correr

Nós devemos nos pendurar no campanário onde os morcegos na lua cheia riem
Nós devemos olhar bem pra bola de cristal e ver somente o passado
E nas cavernas do futuro com somente nossas lanternas e nosso amor
Nós devemos mergulhar, nós devemos mergulhar, nós devemos mergulhar.

E então nós vamos chegar lá
descendo para o fundo de tudo
e então nós vamos vê-lo, oh nós vamos vê-lo, nós vamos vê-lo, nós vamos vê-lo.

Oh minha manhã está voltando
O Mundo inteiro está acordando
Oh o ônibus da cidade está deslizando acabado
Eu estou feliz somente por que
Eu descobri que eu realmente sou ninguém.

Enviada por Vanessa e traduzida por johann.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog