Sanctuary

BONES

Original Tradução Original e tradução
Sanctuary

Blade on my waist
Blunt to the face and I'm up in this thang
Drugs in my veins, your bitch is so lame
Remember her throat, don't remember her name
Creep in the night, hear my knife from the flip
Taking your life then I'm taking your bitch
Feeding her drugs and watching her die
Kiss on her lips then I'm shutting her eyes
If she with BONES, she ain't leaving alive
Truthfully die, she was living a lie
Hated her folks, love of the drugs
Hated true love, she just loves to fuck
Love just to cut, love just to roll
Hated just to talk so she always moans
Riding all alone and I wish that I was home
Wishing that I didn't go down this road
The day that I die, hope my mama don't cry
Hope she realized it was just my time
Nobody ever ready to bury their own child
But I'm dead already so I'm good for awhile
Young white punk, dead girls rolling blunts
Blood on the Backwood, roll 'til she numb
Cuts on her wrists, teardrops on her face
So I flip my switchblade just to let her know she's safe
She just want BONES, I wanna be alone
I don't need friends, I don't need no home
I don't want money, I don't need a fuckin' car
Rather sleep in the alley, rather live with the bums
Young fucking scumbag, I don't know how
Bitches like me, but fuck it, it's alright
They hear how I rhyme, see how I act
They see my shows just to hear me rap
Baby, I could save you, come with me now
Take her to the grave then I put her in the ground
Hands on her neck, now she's saying, take my life
Who am I to deny such a beautiful sight?

What, BONES
SESH, yeah
Yeah, what
Yeah, what
What, what, what

Oh, please don't go (what, what)
Oh, please don't go (what, what)
Don't let me in, don't let me in (SESH, SESH)
Don't let me in (SESH, SESH, SESH, SESH, SESH)

Santuário

Canivete na minha cintura
Rosto impassível e eu estou nessa parada
Drogas em minhas veias, sua cadela é tão sem graça
Lembro da garganta dela, mas não me lembro do nome dela
Chegando pela noite, ela ouve a minha navalha
Pego sua vida, então eu pego sua vadia
Dou drogas pra ela e assisto ela morrer
Beijo seus lábios então eu fecho seus olhos
Se ela estiver com o BONES, ela não sai viva
Morta de verdade, ela estava vivendo uma mentira
Odiava os pais, amor pelas drogas
Odiava o amor verdadeiro, ela só gostava de foder
Amava cortar, amava ficar de boas
Odiava falar, então ela sempre gemia
Estou viajando sozinho e eu queria que eu estivesse em casa
Querendo que eu não fosse por esse caminho
No dia em que eu morrer, espero que minha mãe não chore
Espero que ela saiba que era minha hora
Ninguém jamais esta pronto para enterrar o próprio filho
Mas eu já estou morto, então eu estou bem por algum tempo
Jovem punk branco, garotas mortas enrolando baseados
Sangue sobre o Backwood, enrolando até ela adormecer
Os cortes em seus pulsos, lágrimas no rosto
Então eu peguei meu canivete só pra mostrar pra ela que ela está segura
Ela só quer o BONES, eu quero ficar sozinho
Eu não preciso de amigos, eu não preciso de casa
Eu não quero dinheiro, eu não preciso da porra de um carro
Prefiro dormir nos becos, prefiro viver com os mendigos
Porra de jovem de merda, e eu não sei como
Vadias gostam de mim mas foda-se, tá tudo bem
Eles observam como eu rimo, olham como eu ajo
Eles vêem meus shows só para me ouvir cantar
Baby, eu poderia te salvar, venha comigo agora
Leve ela para o tumulo, e então eu a colocarei no chão
Mãos no seu pescoço, agora ela está dizendo, leve minha vida
Quem sou eu para negar uma vista tão bonita?

O que, BONES
SESH, é
É, o que
É, o que
O que, o que, o que

Oh, por favor não vá (o que, o que)
Oh, por favor não vá (o que, o que)
Não me deixe entrar, não me deixe entrar (SESH, SESH)
Não me deixe entrar (SESH, SESH, SESH, SESH, SESH)

Composição: Bones / TeamSESH
Enviada por Marcos e traduzida por Marcos. Revisão por Marcos.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de BONES

Ver todas as músicas de BONES