Estrelas No Chão

Boechat

Mais leve que o passo
Arisco dos anjos
O dia está clareando
Um convidado
Acanhado entre estranhos
O dia está clareando

Se a chama é bela, alta, plena
É porque a sorte não nos condena
E essa dor já vai passar

Tudo que espera
Renasce na aurora
O amor move o Sol
Move as horas
O rosto de Deus
A manhã nos seus olhos
O gozo dançando
Em meus poros

Se a chama é bela, alta, plena
É porque a sorte não nos condena
E essa dor já vai passar

Uma história imperfeita
A gente ajeita numa canção
Você põe a mesa
Eu recolho as estrelas no chão

Ainda que eu não
Fale a língua dos anjos
Eu quero dizer
- Eu te amo
Se a eternidade faz parte do plano
O tempo não passou por engano

Se a chama é bela, alta, plena
É porque a sorte não nos condena
E essa dor já vai passar

Uma história imperfeita
A gente ajeita numa canção
Você põe a mesa
Eu recolho as estrelas no chão

Composição: Cesar Gilcevi / Renato Boechat
Enviada por Rodolfo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Boechat

Ver todas as músicas de Boechat