Nostalgia

Top 10: as melhores música do Pink Floyd

Por Érika Freire

14 de Março de 2020, às 12:00


O ano era 1965 e a cinzenta Londres fez surgir uma das bandas mais consagradas da história do rock progressivo. A música britânica estava em alta com Beatles, Rolling Stones e muitos outros. Mas, como tudo o que é bom alcança o seu lugar ao sol, o Pink Floyd foi lá e fez o seu rock diferentão. 

A banda aproveitou a efervescência, as cores e o estilo underground da década de 60 e conseguiu se destacar no meio de tanta coisa boa que já rolava na Inglaterra naquele período

Pink Floyd
Créditos: Divulgação

O grupo criou letras filosóficas, acordes, métricas e composições inovadoras. Eles, definitivamente, mergulharam na psicodelia e fizeram excelentes experimentações musicais que causam grandes efeitos e mexem com as emoções dos fãs ainda hoje.

Escolher 10 das melhores músicas do Pink Floyd exige uma certa ousadia, mas vamos tentar!  

As melhores músicas do Pink Floyd 

Como sempre, nunca é fácil reunir uma seleção capaz de agradar a todos. Mas fica com a gente porque depois tem uma surpresa bem legal para você mergulhar no universo do Pink Floyd. Olha o que vem por aí: 

  • Comfortably Numb
  • Wish You Were Here 
  • Another Brick In The Wall 
  • Hey You 
    e mais!

Comfortably Numb

Presente no álbum duplo The Wall, lançado em 1979, Comfortably Numb é um dos maiores sucessos do Pink Floyd, escrita por David Gilmour, guitarrista da banda, e pelo baixista Roger Waters.

Muitos acreditam que a letra retrata experiências alucinógenas causadas pelo uso de drogas, mas Roger Waters nega essa teoria.  

Ficou curioso pra saber outras coisas por trás dessa letra? Vem conferir o significado da música Comfortably Numb.

Shine On You Crazy Diamond

Apesar de Shine On You Crazy Diamond ter sido tocada pela primeira vez em 1974, em uma turnê da banda pela França, a música foi gravada um ano depois para o álbum Wish You Were Here

A canção foi composta em 9 partes e a obra precisou ser dividida em duas partes para abrir e finalizar o vinil Atom Heart Mother.

Wish You Were Here 

A letra que fala sobre ausências, acompanhada de uma das melodias mais lindas do Pink Floyd. Wish You Were Here faz parte do álbum de mesmo nome gravado nos Estúdios Abbey Road, em Londres, e lançado em 1975. 

Não apenas essa canção, mas todo o álbum, é pautado por um sentimento de que a banda estava passando por uma transformação, um chamado ao amadurecimento

Another Brick In The Wall 

O hino do rock progressivo, Another Brick In The Wall faz parte do álbum The Wall. A canção tem três partes e é dividida nos temas Memórias, Revolta Contra o Autoritarismo e Protesto.

Todas elas foram escritas pelo baixista Roger Waters, o principal compositor da banda. 

Saiba mais sobre o significado de Another Brick In The Wall.

Hey You 

Outra importante canção do Pink Floyd que faz parte do álbum The Wall é Hey You, escrita por Roger Waters. A música aborda uma espécie de divisão, através de um muro, entre o mundo interno e o real.

A letra mostra dor, tristeza e desespero ao ver que não há esperanças. 

Mother 

A música Mother é uma espécie de diálogo de um filho com uma mãe. A letra foi composta por Rogers Waters depois que o seu pai morreu na Batalha de Anzio, na Itália, e retrata uma mãe super protetora. 

Momma’s gonna keep you right here under her wing

Time 

Sinos de relógios e alarmes tocando simultaneamente fazem parte longa introdução da música Time, quarta faixa do álbum The Dark Side Of The Moon, de 1973. 

A letra criada por Roger Waters fala sobre o quanto pode ser inútil controlar a vida, o tempo e o sofrimento diante da complexidade do mundo

Goodbye Blue Sky 

Goodbye Blue Sky faz críticas ao governo da Inglaterra e aborda os horrores da guerra. Tanto que, logo na primeira estrofe, é possível notar a influência:

Look mummy, there’s an aeroplane up in the sky, did you see the frightened ones? Did you hear the falling bombs?
(Olha mamãe, tem um avião no céu, você já viu os apavorados? Você já ouviu as bombas caindo?)

A música também faz parte do álbum que marcou a trajetória da banda, The Wall, e que é considerado pelos críticos uma obra de arte conceitual.

Money 

A letra aborda a relação entre capitalismo e como o desejo em ter cada vez mais pode ser maléfico para a sociedade.

Money foi indicada pela revista Guitar World como um dos 100 melhores solos de guitarra e foi a única música do álbum The Dark Side Of The Moon a entrar para o top 20 da Billboard Hot 100.

Dogs

A música Dogs faz parte do disco Animals, lançado em 1977. Uma verdadeira obra experimental com 17 minutos, sendo a quarta maior música do Pink Floyd. 

Não apenas Dogs, mas todo o trabalho realizado em Animals é inspirado no livro A Revolução Dos Bichos, do escritor britânico George Orwell. 

A letra fala sobre problemas de moral, a agressividade dos homens e o tratamento cruel do mundo dos negócios.

Um pouco mais sobre o Pink Floyd 

A música psicodélica e progressiva do Pink Floyd surgiu em 1965, em Londres, Inglaterra. Tudo começou quando os amigos Nick Mason, Roger Waters e Richard Wright decidiram montar a banda Sigma 6.

Mais tarde, Syd Barret se juntou a eles, contribuindo com muitas ideias musicais e até mesmo para a definição de estilo da banda

Pink Floyd
Créditos: Divulgação

No livro de Barry Milles, Pink Floyd Primórdios, o autor conta que Syd Barret tinha dois gatos, um chamado Pink e outro chamado Floyd, por conta dos músicos de blues Pink Anderson e Floyd Council. A junção dos dois formou o nome da banda!

Pink Anderson e Floyd Council
Pink Anderson e Floyd Council / Créditos: Divulgação

A banda lançou cerca de 15 álbuns de estúdio, sendo o mais recente The Endless River, de 2014. Em 1979, o Pink Floyd lançou um dos trabalhos mais representativos da banda, The Wall, um álbum duplo.

Os floydianos consideram o disco a obra prima do Pink Floyd, com músicas que retratam o sofrimento e as tragédias do mundo e das mentes humanas.

The Wall
Capa do álbum The Wall / Créditos: Divulgação

O álbum gerou ainda a produção do filme homônimo, que mostra o personagem Pink e seus delírios dentro de um quarto de hotel.  

A banda marcou toda uma geração, inovou no estilo progressivo e entrou no Rock And Roll Hall Of Fame dos Estados Unidos em 1996. O Pink Floyd encerrou as atividades em 2014, mas ainda é possível ver a essência da banda ao vivo através do baixista Roger Waters, que segue em carreira solo. 

O rock progressivo em 30 músicas essenciais 

Fazer listas é sempre um risco. Muita gente fica brava quando não encontra a sua música preferida e a gente super entende.

Nesta seleção especial, você pode ouvir mais do Pink Floyd em 30 músicas essenciais. Depois conta pra gente se a sua preferida está lá!

Pink Floyd em 30 músicas

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente

Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.