Listas musicais

Os Mutantes: relembre as melhores músicas desses grandes gênios

Por Rafaela Damasceno

29 de Abril de 2021, às 19:00


Há mais de 50 anos, Os Mutantes são reconhecidos pela genialidade musical além de referência para o experimentalismo. Tanto que até hoje vários músicos, brasileiros e estrangeiros, assumem a influência que o grupo exerce em suas produções.

Reconhecida como uma das principais bandas de rock dos anos 60, eles deixaram a sua marca. Por isso, é impossível falar de música brasileira sem mencionar as suas canções. 

Se você é fã da banda e quer relembrar os grandes sucessos ou não conhece as músicas e quer saber mais, não deixe de conferir a nossa seleção com as melhores músicas dos Mutantes a seguir! 😉

Os Mutantes: as 10 melhores músicas da banda

Escutar as músicas d’Os Mutantes é conhecer mais sobre a nossa própria cultura musical.

Você vai perceber que, embora tenham se passado muitos anos do lançamento dos primeiros sucessos, eles ainda ressoam nos nossos ouvidos, já que muitos artistas fizeram versões atualizadas das suas canções. 

Balada do Louco

A principal música da banda é Balada do Louco, composta por Arnaldo Baptista e Rita Lee. De acordo com os artistas, a canção nasceu em uma tarde, sem muitas pretensões, quando Arnaldo começou a tocar um piano na casa do cunhado de Rita. 

Pensando em um golpe que tinha recebido de uma colega no karatê, o artista resolveu compor uma letra que abordasse justamente as diferenças entre as pessoas. Segundo ele, sempre vai existir alguém melhor ou pior que você no mundo. 

A partir dessa ideia, Rita deu um toque poético aos versos e o resultado você ouve agora:

Panis Et Circenses

De autoria de Gilberto Gil e Caetano Veloso, Panis Et Circenses foi lançada no álbum principal da Tropicália, resultado do Festival da Canção de 1967. 

A letra faz referência à política de pão e circo, muito usada na época dos gladiadores romanos. A ideia era dar apenas diversão e comida para a população, para que ela se esquecesse dos problemas da nação. 

Uma crítica ferrenha à política brasileira, que permanece muito atual:

Festival da Canção de 1967: saiba tudo sobre o lendário evento 

Ando Meio Desligado

Há quem diga que Ando Meio Desligado é uma referência a uma viagem provocada por alucinógenos. Mas tem gente que defende que ela é uma crítica indireta aos nacionalistas, já que ela foi escrita em 1969. 

Independentemente da interpretação, a música já foi regravada várias vezes ao longo dos anos e marcou o pop rock nacional, como é o caso da versão do Pato Fu. Mas bom mesmo é ouvir a original:

A Minha Menina

Escrita por Jorge Ben, o rei do samba rock, esse sucesso foi gravado pel’Os Mutantes e fez muito alarde. A Minha Menina recebeu uma roupagem psicodélica e super experimental nessa interpretação do grupo.

Confira essa versão:

Melhores músicas do Jorge Ben Jor, o rei do samba rock 

Ave Lúcifer

Polêmicos e controversos, os músicos da banda sempre chocaram o público com as suas letras. Em Ave Lúcifer, referências bíblicas e satânicas aparecem em meio a um arranjo musical totalmente inovador.

Sem falar da voz impactante de Rita Lee, que tem uma história importante na música brasileira: 

Tudo Foi Feito Pelo Sol

Com poucos versos, Tudo Foi Feito Pelo Sol encanta pela melodia elaborada. Lançada no álbum de mesmo nome, em 1974, a produção já indicava o caminho da banda para o rock progressivo. 

Vale a pena ouvir o disco na íntegra. Aproveite:

Baby

Mais uma composição de Caetano Veloso, Baby foi outro sucesso da banda e apareceu no seu primeiro álbum.

A melodia começa simples, mas vai ganhando força ao longo da canção, até atingir uma explosão rítmica muito diferente do que se conhecia na época. 

Bat Macumba

Com um quê de poesia concreta, toda a criatividade de Bat Macumba não está só na estrutura dos versos, os arranjos de Sérgio Dias também são um espetáculo à parte.

Sem falar nas referências às religiões de matriz africana, o que deve ter causado bastante alvoroço na época. 

A Hora e a Vez do Cabelo Nascer

Os Mutantes também se arriscaram no hard rock, com A Hora e a Vez do Cabelo Nascer. Além da referência de estilo diferente, a música é inspirada no conto A Hora e a Vez de Augusto Matraga, da obra Sagarana, de Guimarães Rosa.

Uma relíquia musical dos anos 70 no Brasil, que compete de igual para igual para muita produção atual:

Tecnicolor

Lembra que falamos que Os Mutantes eram inspiração também para artistas estrangeiros? Pois é, a banda fez o seu lançamento internacional cantando em inglês. Uma das músicas de trabalho foi Tecnicolor

Em uma mistura de blocos musicais e arranjos ousados, já era de se esperar que o grupo chamasse muita atenção lá fora:

Saiba mais sobre a trajetória d’Os Mutantes

A banda Os Mutantes foi formada em 1966, em São Paulo, por Rita Lee, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias.

O objetivo era se apresentar no programa O Pequeno Mundo de Ronnie Von, da TV Record. Influenciados pela Tropicália e pela MPB, o grupo permaneceu ativo até 1978.

Ao longo de sua trajetória, produziram seis discos e, depois do término da banda, mais dois álbuns foram lançados.

Durante esse período, inúmeros sucessos foram apresentados ao público brasileiro e muitos deles permanecem vivos até hoje na memória dos fãs e dos amantes da música experimental.

Atualmente, Sérgio Dias se apresenta acompanhado de novos músicos. 

Da formação original, ficam as músicas gravadas e os vídeos da época, que valem a pena ser revisitados sempre pelos admiradores novos e antigos do grupo! 

Continue no clima dos anos 60

As melhores músicas d’Os Mutantes, que você acaba de conferir, foram um marco em nosso país. Assim como elas, outras canções fizeram muito sucesso no Brasil daquela época. 

Então, continue nesse clima e conheça agora as principais músicas nacionais dos anos 60

músicas nacionais anos 60

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente

Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.