Listas musicais

O Rappa: relembre as melhores músicas da banda carioca

Por Érika Freire

9 de Outubro de 2021, às 12:00


Em pausa desde 2018, sem previsão de volta, O Rappa é uma das bandas que a gente adoraria curtir um show, depois que tudo passar, pra cantar em coro os grandes sucessos do grupo.

E olha que são muitos! Com mais de 25 anos de trajetória, a banda carioca se tornou uma das mais notórias e bem sucedidas da década de 90.

O Rappa
Créditos: Divulgação

Lançou o primeiro álbum, que leva o nome da banda, em 1994, porém, foi a partir do segundo, Rappa Mundi, de 96, que as coisas começaram a acontecer

Isso porque o disco trouxe faixas sensacionais, como Hey Joe, A Feira, Miséria S.A, Pescador de Ilusões, O Homem Bomba, colocando a banda no radar do rock nacional. 

Se você curte o som dos caras, aproveita e vem relembrar junto com a gente as melhores músicas d´O Rappa! 

O Rappa: as 16 melhores músicas

Curta o melhor do reggae rock d’O Rappa! 😆

Anjos (Pra Quem Tem Fé)

A música Anjos (Pra Quem Tem Fé) tem um significado especial para a banda, pois simboliza a superação dos integrantes após um período difícil. 

Por conta de conflitos internos e brigas com empresários, eles se separaram em 2009 e a letra, de acordo com Falcão, é uma declaração da fé que ele tinha que um dia eles estariam juntos outra vez. E de fato a banda voltou em 2011. 

Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim

Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)

Composta por Marcelo Yuka, que foi um dos principais letristas da banda até 2001, Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero), fala sobre a desigualdade e discriminação, temas tão comum nas comunidades brasileiras.

Presente no álbum Lado B Lado A, a letra nos faz refletir sobre o que seria ter paz de verdade. As grades dos condomínios são para nos proteger ou aprisionar?

Pescador de Ilusões

A fé e a religiosidade são temas bastante frequentes nas letras d’O Rappa, como podemos observar em Pescador de ilusões.

Mesmo que a gente não compreenda e veja a fé como uma ilusão, a letra sugere que vale a pena acreditar. 

Mar de Gente

Brindo à casa, brindo à vida, meus amores, minha família… Mar de Gente é outro grande sucesso e uma das canções mais ouvidas pelos fãs da banda.

Diante do mar de gente, é preciso navegar para que a rotina não nos mate aos poucos. As composições da banda sempre nos colocam diante de ótimas reflexões. 

Vapor Barato

Regravação que O Rappa fez em 96 de uma música de 71, composta por Jards Macalé e Waly Salomão. Vapor Barato foi interpretada pela primeira vez por Gal Costa e se tornou um dos maiores sucessos da carreira de Gal. 

E quando O Rappa regravou, anos depois, voltou a ser um grande sucesso novamente. 

Auto-Reverse

A mágica da vida: encontrar alegria mesmo vivendo em um lugar duro, cruel. Saber sorrir, cantar e esquecer das adversidades, nem que seja por uma noite. 

Essa é a mensagem incrível de Auto-Reverse, presente no álbum Nunca Tem Fim, lançado em 2013.

Súplica Cearense

Imortalizada na voz do rei do baião, Luiz Gonzaga, a música Súplica Cearense foi escrita por Waldeck Artur de Macedo, conhecido como Gordurinha.

A versão que O Rappa fez ficou simplesmente sensacional e imprimiu muito a personalidade da banda. A música entrou para o álbum 7 Vezes, lançado em 2008. 

Rodo Cotidiano

O avião do trabalhador é o metrô lotado todo dia, e o Rappa narrou um pouco dessa rotina brutal do transporte coletivo em Rodo Cotidiano

É uma crítica quase sutil, que a gente precisa se atentar para perceber cada verso cantado. A música está presente no disco de 2003, O Silêncio Q Precede o Esporro

Meu Mundo É o Barro

Mais uma letra que apresenta a vida real e difícil de tantos brasileiros. Meu Mundo É o Barro fala de um personagem que está tentando recomeçar depois de ter escolhido o caminho errado.

Embora ele esteja diante de um cenário em que tudo contribui para dar errado, ele caminha com fé, sozinho e sem padrinho para encurtar o trajeto. 

A Feira

Presente no segundo álbum da banda, Rappa Mundi, lançado em 1996, A Feira fala sobre a rotina do tráfico de drogas nas comunidades.

Não se engane, todo tipo de gente sobe o morro pra comprar: maluco, madame, mauricinho e atriz, como diz a letra.

Hey Joe 

Pegando carona na música escrita em 1962 por Billy Roberts e famosa na voz de Jimi Hendrix, a versão de Hey Joe, d’O Rappa se transformou num reggae que aborda o cotidiano violento das favelas do Rio de Janeiro. 

Em 2018, o defensor público Rodrigo Antônio, de Campo Grande, usou a letra de Hey Joe como recurso para comover o juri a absover um réu acusado de assassinato.

O Que Sobrou Do Céu

Todas as cores escondidas nas nuvens da rotina… O Que Sobrou Do Céu, uma das faixas do disco Lado B Lado A que retrata como um dia sem luz e sem o sonambulismo da televisão, pode fazer a gente observar a vida ao redor. 

Lado B Lado A

Em Lado B Lado A, a banda explorou o tema das divisões entre facções que ocorrem dentro das favelas. 

À mercê da sorte e acreditando na fé, os moradores precisam conviver com a violência e rezam para estar bem longe quando o rodo passar

Me Deixa

Sucumbir ao cotidiano duro de trabalho e que impede o povo de sonhar. Com versos poéticos, e ao mesmo tempo brutais, a música Me Deixa é mais um grande sucesso da banda, presente no álbum Lado B Lado A.

Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro

Magistralmente, Marcelo Yuka usou o recurso da intertextualidade, buscando inspiração no poema de Castro Alves, O Navio Negreiro, e compôs a letra de Todo Camburão Tem um Pouco de Navio Negreiro.

Só o título já daria uma tese de mestrado sobre a discrimação sofrida pelos negros. A música faz parte do primeiro disco da banda, lançado em 94. 

Miséria S.A.

Quem pega busão certamente já presenciou as pessoas tentando vender algo ou pedindo qualquer trocado para poder comer. Miséria S.A. fala sobre esse cotidiano triste e banalizado pelo estado. 

O Rappa: 32 frases que vão te colocar pra pensar

Já deu pra perceber o quanto a banda coloca a gente pra refletir, né? Então se liga só nessa seleção de frases d’O Rappa pra pensar e compartilhar. 

frases o rappa

Não vai embora não! Temos mais conteúdos pra você: