LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

Conheça a história da música Camila Camila, do Nenhum de Nós

Por Camila Fernandes

9 de Janeiro de 2020, às 19:00


Camila, Camila foi o primeiro sucesso da banda Nenhum de Nós. A música foi responsável por inserir o grupo no rock profissional na segunda metade da década de 80, quando eles tinham apenas seis meses de formação. 

Banda Nenhum de Nós
Créditos: Divulgação

O sucesso repentino da música tem muito a ver com o significado que ela traz: Camila Camila fala sobre violência doméstica, algo que infelizmente ainda é muito comum na nossa sociedade. 

A letra da canção retrata bem o medo e o desespero da vítima. Mas, será que a Camila da música existe de verdade? É isso que você vai descobrir já já, é só continuar lendo pra entender a história 😉

História da música Camila Camila

A história da música Camila Camila começa antes mesmo do surgimento da banda, quando os integrantes estavam no ensino fundamental. Acontece que todos eles estudavam juntos na mesma escola, alguns até na mesma turma (mais que amigos, friends 💕). 

Foi na escola que eles conheceram a menina que inspirou a música — seu nome verdadeiro não é Camila, mas, infelizmente, a história é real

Já com a banda formada, os cinco integrantes do grupo,Thedy Corrêa, Carlos Stein, Sady Homrich, Veco Marques e João Vicenti, costumavam se reunir para compor e escrever letras.

Em uma das reuniões, eles se lembraram da colega de escola que vivia um relacionamento abusivo, e foi aí que a ideia da música surgiu.

Thedy conta que a composição não foi fácil, levou bastante tempo e foi feita em etapas — eles fizeram tudo com muito cuidado e conversaram sobre cada verso.

Sabemos que, sendo todos homens, os integrantes da banda estão fora de seu lugar de fala ao relatar o caso de uma menina que sofria violência. 

No entanto, tanto na profundidade da letra quanto nos relatos dos músicos sobre a composição, dá pra perceber que escrever Camila foi um exercício verdadeiro de empatia, uma tentativa de compreender como a amiga se sentia.

O nome no refrão só veio mais tarde, em um dia de ensaios no estúdio. Estava chovendo muito e o chão estava coberto de jornais para evitar que o carpete molhasse. Em um desses jornais, Thedy viu um anúncio do filme argentino Camila: O Símbolo de Uma Mulher, lançado em 1984. 

Poster do filme Camila: O Símbolo de uma Mulher
Poster do filme Camila: O Símbolo de Uma Mulher / Créditos: Divulgação

Quando viu o nome, ele imediatamente começou a tocar as notas que já tinham composto para o refrão da música e o ritmo encaixou perfeitamente — foi aí que a personagem da história passou a se chamar Camila.

Análise da letra de Camila Camila 

Agora que você já conhece a história da música que abriu as portas para o sucesso do Nenhum de Nós, é hora de entender melhor a letra! Vamos fazer uma análise de cada trecho, e depois você conta pra gente nos comentários o que achou, pode ser?

Depois da última noite de festa
Chorando e esperando amanhecer, amanhecer
As coisas aconteciam com alguma explicação
Com alguma explicação

Thedy conta que ele e os outros membros do Nenhum de Nós imaginavam a cena de Camila chegando em casa depois de uma festa com o namorado.

Durante a festa, algo de ruim teria acontecido, provavelmente algum tipo de violência psicológica, que fez com que Camila desejasse com todas as forças o fim daquela noite — e de muitas outras.

Algo muito comum em relacionamentos abusivos é o agressor manipular a vítima para fazê-la acreditar que as atitudes violentas têm um motivo. Sempre há uma explicação para cada insulto ou agressão, e normalmente a culpa é colocada na vítima.

Depois da última noite de chuva
Chorando e esperando amanhecer, amanhecer
Às vezes peço a ele que vá embora
Que vá embora

Essa repetição enfatiza que as noites de violência eram algo comum.

Ao contrário do que se pode imaginar, a pessoa que sofre agressão não é acomodada e inerte. Tudo o que ela mais quer é acabar com aquela situação, e ela tenta, mas não é assim tão fácil. 

Camila
Camila, Camila

A história da música é narrada em primeira pessoa, como se fosse a própria Camila contando. Nesse sentido, o refrão pode ser entendido como um grito dela, tentando se reencontrar. Por outro lado, também podemos entender o refrão como uma resposta de quem ouve a história.

Eu que tenho medo até de suas mãos
Mas o ódio cega e você não percebe
Mas o ódio cega

E eu que tenho medo até do seu olhar
Mas o ódio cega e você não percebe
Mas o ódio cega

A menina tem medo de cada gesto do namorado, porque ela nunca sabe de onde pode vir a agressão. Qualquer toque ou olhar pode significar o começo de uma briga. No entanto, ele está tão cego pelo ódio que sequer é capaz de perceber o medo.

A lembrança do silêncio
Daquelas tardes, daquelas tardes
Da vergonha do espelho
Naquelas marcas, naquelas marcas

Apesar de querer acabar com a situação, muitas vezes a vítima se vê em silêncio, incapaz de falar e de pedir ajuda.

Aqui a música deixa bem claro que a violência sofrida não era só a psicológica, o que já seria muito grave, mas que também há agressão física. Camila se olha no espelho e sente vergonha das marcas que tem no corpo — marcas deixadas pelo agressor.

Havia algo de insano
Naqueles olhos, olhos insanos
Os olhos que passavam o dia
A me vigiar, a me vigiar

Havia algo de insano nos olhos dele e no modo como ele vigiava cada passo dela durante o dia, provavelmente algum indício de desequilíbrio mental ou do ódio descontrolado.

Camila
Camila, Camila

Camila
Camila, Camila

E eu que tinha apenas 17 anos
Baixava a minha cabeça pra tudo
Era assim que as coisas aconteciam
Era assim que eu via tudo acontecer

No fim, a música vem nos lembrar que Camila era apenas uma adolescente de 17 anos, que não sabia como reagir àquela situação. Pelo medo e por não saber pedir ajuda, ela acabava aceitando, baixando a cabeça, e assim o tempo passava e tudo aquilo se repetia.

Camila e o sucesso do Nenhum de Nós

Quando escreveram Camila, Camila, os integrantes do Nenhum de Nós tinham feito apenas 8 shows com a banda formada. Eles tinham pouca experiência como grupo e não esperavam o sucesso naquele momento

Nenhum de Nós
Créditos: Divulgação

De acordo com Thedy, tudo começou quando Cazuza ouviu a música e fez questão de gravar sua versão. A partir daí, a gravadora viu que a canção tinha muito potencial e que precisava ser lançada imediatamente. 

Os músicos mostraram certa resistência no começo, porque queriam compor mais músicas antes de lançar seu primeiro álbum. Por sorte, eles acabaram aceitando gravar e o álbum Nenhum de Nós foi lançado em 1987.

Capa do álbum Nenhum de Nós
Capa do álbum Nenhum de Nós / Créditos: Divulgação

No ano seguinte, Camila se tornou um hit nacional e consagrou definitivamente o grupo no cenário do rock brasileiro.

Ouça mais Nenhum de Nós

Camila é sem dúvidas o maior hit do Nenhum de Nós, mas não é o único sucesso lançado pela banda. Que tal ouvir mais? Confira outras músicas do Nenhum de Nós!