LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Dicas de idiomas

As 5 melhores músicas com determinantes possessivos em inglês

Por Elaine Caroline

22 de Junho de 2020, às 19:00


Presente em muitas coisas que consumimos, o inglês é uma ferramenta incrível. Além de ser um dos idiomas mais falados no mundo, ele pode abrir muitas portas profissionalmente.

Por isso é tão importante conhecermos o idioma e, para você começar, separamos 7 passos eficientes para você aprender inglês com música.

Hoje falaremos especificamente sobre os famosos possessive determiners, também conhecidos como possessive adjectives. Vai ser moleza! Vamos lá?

Como funcionam os determinantes possessivos?

Os determinantes possessivos são palavras que dão o sentido de posse para alguém. Ou seja, é muito importante perceber primeiro para quem está indicando a posse do substantivo em questão.

Apesar de serem muito conhecidos por possessive adjectives, essas palavras são, na verdade, possessive determiners. Então, se você ver por aí esses dois termos (possessive adjectives ou possessive determiners), estaremos falando dos mesmos pronomes.

Todos os pronomes pessoais na 1ª, na 2ª e na 3ª pessoa, tanto do singular quanto do plural, têm seus respectivos determinantes possessivos. Take a look:

I >> My
You >> Your
He >> His
She >> Her
It >> Its
We >> Our
You >> Your
They >> Their

Exemplo:

  • I like to sing. My voice is beautiful. (Eu gosto de cantar. Minha voz é bonita.)
  • You have two babies. Your babies are so cute. (Você tem dois bebês. Seus bebês são tão fofos.)
  • Tony missed his flight. (Tony perdeu o voo dele.)
  • Karla has a cat. Her cat is shy. (Karla tem um gato. O gato dela é tímido.)
  • Being a mother is a good thing, but it has its ups and downs. (Ser mãe é uma coisa boa, mas tem seus altos e baixos.)
  • We should stay at our house. (Nós deveríamos ficar na nossa casa.)
  • They invited us to their wedding. (Eles nos convidaram para o casamento deles.)

Nossas palavras equivalentes no português ajudam muito entender, né? Mas lembre-se sempre: os possessive determiners não variam em gênero nem em número. 

Então, mesmo que no português tenhamos, por exemplo, meu e minha, a tradução será sempre my.

Tranquilo, né? Que tal treinarmos com as músicas? 💜

As 5 melhores músicas com determinantes possessivos em inglês

Selecionamos as melhores músicas para você ficar fera nos determinantes possessivos em inglês e treinar o uso e o sentido de cada um.

Pega o papel, a caneta e let’s go!

Just The Way You Are — Bruno Mars

Na linda Just The Way You Are, Bruno Mars faz uso de dois determinantes possessivos:

Her hair, her hair (O cabelo dela, o cabelo dela)
Falls perfectly without her trying (…) (Recai perfeitamente sem ela precisar fazer nada)

When I see your face (Quando eu vejo o seu rosto)
There is not a thing that I would change (Não há nada que eu mudaria)
Cause you’re amazing (Pois você é incrível)
Just the way you are (Do jeito que você é)

Podemos perceber que na primeira estrofe ele fala sobre a moça que é inspiração para a música (her hair).

Já na segunda estrofe, percebemos que a pessoa da frase muda: agora ele está falando para a moça (when I see your face).

Dica: a palavrinha when ajuda muito na interpretação da última estrofe, sabia? Separamos 4 músicas para você conhecer as wh-questions, palavrinhas super importantes para seu inglês.

músicas com wh questions

Blank Space — Taylor Swift

Blank Space traz, talvez, os dois determinantes possessivos mais usados: my e your

You look like my next mistake (Você parece o meu próximo erro)
Love’s a game, wanna play? (…) (O amor é um jogo, quer jogar?)

I’m dying to see how this one ends (Estou louca para ver como isso vai acabar)
Grab your passport and my hand (Pegue seu passaporte e a minha mão)
I can make the bad guys good for a weekend (Eu posso fazer os caras maus ficarem bonzinhos por um final de semana)

Nela conseguimos perceber que Taylor está falando com alguém. Primeiro, ela faz o uso do adjetivo my, pois ela acredita que está de frente ao próximo erro dela.

Logo depois, utilizando o your, ela pede para que ele pegue o passaporte e, utilizando o my, para que ele pegue sua mão.

Desafio rápido: você consegue apontar se tem simple present nessa estrofe da música? Hmm, não tá lembrado da estrutura? Tudo bem, aqui tem 4 músicas para relembrar o simple present!

músicas com simple present

Tears Dry On Their Own — Amy Winehouse

Em Tears Dry On Their Own, nossa diva Amy usa quatro possessive determiners:

When we were at our high (Quando estávamos no nosso auge)
Waiting for you in the hotel at night (…) (Eu esperava por você no hotel toda noite)
It’s my responsibility (A responsabilidade é minha)
And you don’t owe nothing to me (…) (Você não me deve nada)
And in your way, in this blue shade (E do seu jeito, neste tom triste)
My tears dry on their own (As minhas lágrimas secam sozinhas)

Perceberam que o their não foi traduzido literalmente? É porque on their own é uma expressão que não podemos traduzir ao pé da letra, já que o their está vinculado às lágrimas. 

Outra expressão onde o pronome não é traduzido literalmete, por exemplo, seria: She likes living on her own (Ela gosta de viver sozinha).

Veja mais 12 músicas com expressões em inglês pra você ficar fera nelas! 😉

músicas com expressões em inglês

Come Together — Beatles

Na clássica Come Together, os garotos de Liverpool explicam direitinho como se usa o his:

He got walrus gumboot (Ele tem botas de morsa)
He got Ono sideboard (Ele tem as costeletas da Ono)
He got spinal cracker (Ele é uma invasor espinhal)
He got feet down below his knee (Ele tem pés abaixo do joelho dele)
Hold you in his armchair, you can feel his disease (Abraça você na poltrona dele, você pode sentir a doença dele)

Conseguimos ver claramente que a estrofe toda está falando sobre algum homem, e eles descrevem tudo que ele tem: o joelho, a poltrona, a doença dele.

Love Is Bigger Than Anything In Its Way – U2

Em Love is Bigger Than Anything In Its Way, vemos as seguintes frases:

Oh, if I could hear myself when I say (Oh, se eu pudesse me ouvir quando eu falo)
Oh, love is bigger than anything in its way (Oh, o amor é maior do que qualquer coisa em seu caminho)

Usamos o its sempre que precisamos expressar a posse de tudo que não seja uma pessoa/humano. Ou seja, ele é impessoal

Nesse caso a tradução fica seu, pois não temos uma equivalência para o pronome it em português.

Mas podemos perceber que a lógica no inglês se mantém: o possessive determiner its está vinculado à palavra love, que precisa ser interpretada com a impessoalidade do pronome it.

E lembre-se: não podemos nunca confundir its com o it’s. It’s é uma contração de IT + IS

Separamos 7 músicas para você entender as contrações em inglês para termos certeza que nunca confundirá os dois! 😉

contrações em inglês

Continue aprendendo inglês

Aprender inglês com música é tão bom: com a mesma música você pode estudar várias matérias ao mesmo tempo!

Para te ajudar ainda mais, selecionamos 11 posts que vão te ajudar a aprender inglês com músicas.

aprender inglês com música