LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

A história da música Conversa de Botas Batidas, do Los Hermanos

Por Érika Freire

10 de Abril de 2020, às 19:00


As letras e canções dos Los Hermanos marcaram toda uma geração com suas letras fortes e, ao mesmo tempo, sensíveis. Conversa de Botas Batidas, canção inspirada em uma história real, foi escrita por Marcelo Camelo e relata o diálogo de um casal que cansou de se esconder.

Los Hermanos
Créditos: Divulgação

Contudo, apesar de ter sido inspirada em um casal de amantes, o fim da história é triste, pois se baseia em um acidente ocorrido no Rio de Janeiro, em 2002, quando o hotel Linda do Rosário desabou. Dias depois, a equipe de bombeiros encontrou os dois corpos abraçados no meio dos escombros.

Vamos conhecer melhor essa história? 

História da música Conversa de Botas Batidas

A música Conversa de Botas Batidas faz parte do terceiro álbum dos Los Hermanos, Ventura, lançado em 2003. Para contar a história que deu origem à canção, precisamos voltar ao ano de 2002, quando o Hotel Linda do Rosário, localizado no Rio de Janeiro, desabou.

Capa do álbum Ventura, do Los Hermanos
Capa do álbum Ventura, do Los Hermanos / Créditos: Divulgação

No dia 25 de setembro, o porteiro do prédio, Raimundo Barbosa de Melo, ouviu alguns estalos e começou a avisar as pessoas que estavam dentro do hotel para que saíssem a tempo em segurança. O porteiro, ao descer as escadas, se recordou do casal e foi até o quarto bater na porta. Porém, ninguém respondeu. Ele decidiu insistir mais uma vez e foi até a portaria interfonar para o quarto. Novamente, não obteve resposta.

Naquele dia, por volta das 15h15, o prédio desabou. Depois de dois dias, os corpos do casal foram encontrados em meio aos escombros e, para a surpresa da equipe, eles estavam abraçados e deitados no que restou da cama.

Escombros do Hotel Linda do Rosário
Escombros do Hotel Linda do Rosário / Créditos: Reprodução (internet)

Mais tarde, descobriram que a mulher era uma bancária de 47 anos e o homem era um professor de 71 anos. A história conta que eles tinham vivido um amor na juventude, mas acabaram se separando. Anos depois, se reencontraram e decidiram viver um romance escondido mesmo ambos sendo viúvos. Eles tinham receio de que as famílias não aprovassem a relação. 

Não se sabe se eles estavam dormindo no momento, ou se ouviram o chamado para saírem do prédio e escolherem permanecer.

Os corpos do casal foram reconhecidos por seus familiares e o filho do professor chegou a solicitar que o nome do pai não saísse nos jornais para que a imagem dele fosse preservada.  

Na letra, Marcelo Camelo imagina um diálogo entre o casal antes da tragédia, como se fosse quase uma despedida de ambos, optando por permanecerem juntos até o final mesmo diante do prenúncio da morte

A música Conversa de Botas Batidas se tornou um dos maiores sucessos da banda. 

Análise da música Conversa de Botas Batidas

Veja, você, onde é que o barco foi desaguar
A gente só queria um amor
Deus parece, às vezes, se esquecer
Ai, não fala isso, por favor
Esse é só o começo do fim da nossa vida
Deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
Que a gente vai passar

Conversa de Botas Batidas é um diálogo imaginário a respeito de um casal que está prestes a ver o fim da vida. Na primeira estrofe, vemos o início da conversa feita com construções poéticas a respeito de onde eles chegaram e sobre querer apenas viver um amor. Agora, estão diante de ver o sonho se acabar.

Veja, você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar, até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar

O casal optou por viver esse romance às escondidas, por isso o verso a gente corre pra se esconder e a ideia de amar sem ter noção do que vai acontecer. O romance está perto do fim.

Deixa o moço bater
Que eu cansei da nossa fuga
Já não vejo motivos
Pra um amor de tantas rugas
Não ter o seu lugar

Na terceira estrofe, Marcelo Camelo constrói lindamente um desfecho imaginário: o casal chegou a ouvir as batidas na porta, porém, cansados de se esconderem e por terem adiado esse amor por tantos anos, eles estão cansados de fugir. Não há mais motivo para isso e um amor velho e cansado precisa finalmente florescer. 

Abre a janela agora
Deixa que o Sol te veja
É só lembrar que o amor é tão maior
Que estamos sós no céu
Abre as cortinas pra mim
Que eu não me escondo de ninguém
O amor já desvendou nosso lugar
E agora está de bem

Eles decidem se mostrar depois de tanto se esconderem. Abrir a janela para deixar que todo o universo veja que esse amor foi vivido. É bobagem não dizer pro mundo que valeu a pena! Não querem mais omitir de ninguém, pois o amor se desvendou e agora tudo está no seu devido lugar.

Diz, quem é maior que o amor?
Me abraça forte agora, que é chegada a nossa hora
Vem, vamos além
Vão dizer que a vida é passageira
Sem notar que a nossa estrela vai cair

Na estrofe final, a letra de Conversa de Botas Batidas nos deixa uma reflexão sobre a grandiosidade do amor. Existe algo maior? O casal escolhe permanecer junto para partir, levando esse amor para além da vida material

No topo do Hotel Linda do Rosário havia uma estrela bem grande e Marcelo faz essa referência, nos fazendo refletir que passamos a vida sem notar a importância das coisas mais simples

Muitas vezes, deixamos de lado amores que valem a pena por simples medo de opiniões alheias. Afinal, uma hora a estrela vai cair e o que fica mesmo? Nada além das memórias.

Do underground carioca para o mundo 

A banda Los Hermanos foi formada no Rio de Janeiro, em 1997, mais especificamente em meio aos corredores da PUC, onde o vocalista Marcelo Camelo estudava jornalismo. Marcelo decidiu convidar alguns amigos para, juntos, se dedicarem à música, criando letras e harmonias.

Los Hermanos
Créditos: Divulgação

A banda começou a chamar a atenção da cena underground do Rio de Janeiro apesar de ter uma sonoridade considerada “incomum” para muita gente.

Um ano depois da formação, em 1998, eles foram convidados para o festival Abril Pro Rock, oportunidade que abriu ainda mais as portas para o Los Hermanos. 

O primeiro álbum, que leva o nome da banda, foi lançado em 1999 e conquistou os jovens brasileiros que se identificavam com o estilo indie e com as letras que falavam sobre amor. A banda seguiu firme até 2007, quando anunciou uma pausa.

Fizerem algumas reuniões esporádicas nesse meio tempo e, em 2019, o Los Hermanos anunciou um retorno para comemorar os 20 anos de lançamento do primeiro álbum. A banda lotou os estádios do Maracanã e o Allianz Park. 

Mais rock brazuca pra você! 

Que tal relembrar os maiores nomes do rock nacional neste post incrível com 20 melhores bandas de todos os tempos? Você não vai perder, né?