LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Biografias

Saiba tudo sobre o cantor Ferrugem

Por Camila Fernandes

7 de Maio de 2019, às 07:00


Ele veio devagarinho, conquistando os fãs aos poucos, ganhando espaço como quem não quer nada, até chegar no auge da fama e conseguir uma agenda lotada com shows por todo o país — bem estilo de cantor de pagode, não é mesmo?

Cantor Ferrugem
Créditos: Divulgação

O nome do cantor Ferrugem pode ainda ser novidade para muitos, mas músicas como Pra Você Acreditar e Atrasadinha, gravada em parceria com Felipe Araújo, já estão na boca e no coração dos brasileiros.

Quer saber mais? Preparamos um resumo da história do cantor e os principais marcos de sua carreira até agora, além dos álbuns e das músicas mais famosas. Continue a leitura e confira!

Afinal, quem é o cantor Ferrugem?

Ele nasceu no Rio de Janeiro, no dia 20 de outubro de 1988. O gosto pela música veio ainda na infância, e por volta dos 11 anos ele já saía de casa escondido para frequentar as rodas de samba.

Aos treze anos, ele ganhou e começou a tocar seu primeiro instrumento musical — o tantã, um tipo de tambor muito usado no samba e em outros ritmos parecidos. Depois de insistir muito, começou a ser chamado para substituir os integrantes que faltavam nas rodas.

Cantor Ferrugem
Créditos: Divulgação

Antes de se tornar um cantor de sucesso, Ferrugem foi entregador de pizza, vendedor ambulante, panfleteiro e vendedor de jornal. Ao mesmo tempo, continuava insistindo e insistindo na música.

Em casa, contava com o apoio de uma super professora de canto. A mãe de Ferrugem, Maristela Failde, fazia freela como backing vocal, inclusive para o cantor Tim Maia.

Primeiros passos em direção à fama

Algum tempo depois de iniciar a história com as rodas de samba, Ferrugem começou a compor suas próprias canções. Ele escrevia as letras, compunha a melodia, gravava e divulgava suas músicas na internet, e assim foi conquistando os primeiros fãs.

Já sua primeira tentativa de formar um grupo musical foi com a banda No Clima, da qual Ferrugem seria o vocalista. Entretanto, o grupo acabou logo depois do primeiro show, que o cantor afirma ter sido um “desastre”.

Ele até tentou fazer parte de outras bandas, mas sentia sempre uma “necessidade de transitar”, um desejo de aprender com outros grupos e conhecer outros estilos — isso fazia com que o cantor estivesse sempre mudando.

Foi aí que Ferrugem decidiu de vez pela carreira solo: começou a fazer shows sozinho e a lutar com mais garra pelo reconhecimento do público. Em 2011, o cantor realizou um sonho quando foi convidado para fundar sua própria roda de samba, no Vila Duca, em São Paulo.

Álbuns

O primeiro álbum com músicas do Ferrugem foi gravado em 2015, alguns meses depois de o cantor ter assinado contrato com a Warner Music, mesma gravadora de Anitta, Barão Vermelho, Iza, Kevinho e Ludmilla, entre outros artistas.

Capa do álbum Climatizar, de Ferrugem
Capa do álbum Climatizar / Créditos: Divulgação

O título do disco é Climatizar, mesmo nome do primeiro single do cantor. O álbum também contém o hit Ensaboado, que fez parte da trilha sonora do filme Vai que cola, além da música Namorado, gravada em parceria com a cantora Anitta.

Em 2016, Ferrugem lançou seu novo single, Paciência, em parceria com a cantora Alcione. O segundo álbum veio pouco tempo depois, em fevereiro de 2017, com o título Seja o Que Deus Quiser e mais dois hits: Minha Namorada e Eu Juro.

Em 2018, depois de gravar dois álbuns em estúdio, Ferrugem e a Warner Music fizeram uma nova aposta. O cantor gravou seu primeiro DVD ao vivo, que recebe o título Prazer, Eu Sou Ferrugem e conta um pouco de sua história.

Capa do álbum Prazer, Eu Sou Ferrugem
Capa do álbum Prazer, Eu Sou Ferrugem / Créditos: Divulgação

A gravação foi feita no Barra Music, no Rio de Janeiro, e teve a participação de cantores de sucesso do samba e de outros estilos, como Péricles, Nego do Borel, Ludmilla, Thiaguinho e a dupla Marcos e Belutti.

De onde surgiu o apelido Ferrugem?

A resposta para essa pergunta é muito fácil, é só olhar para a barba ruiva do cantor. O cabelo perdeu o tom avermelhado ao longo do tempo, mas a barba mantém a característica que deu ao cantor inúmeros apelidos durante a infância e a adolescência.

Cantor Ferrugem
Créditos: Divulgação

Apesar de ter sido adotado como nome artístico, Ferrugem não foi o primeiro apelido e certamente também não foi o último. O nome verdadeiro do cantor é Jheison Failde de Souza, mas hoje até mesmo a mãe já adotou o nome Ferrugem.

Tudo começou na primeira vez que ele foi a um estúdio gravar, quando ainda era muito mais ruivo que hoje. Um amigo começou a chamá-lo de Ferrugem e o apelido pegou.

Cantor Ferrugem ruivo
Créditos: Divulgação

Ainda que não gostasse no início, hoje o cantor afirma que adotar Ferrugem como nome artístico foi uma decisão estratégica que contribuiu muito para sua carreira. Isso porque ele acredita que seu nome verdadeiro, Jheison, não combina com pagode e é facilmente associável a Jason Voorhees, o famoso personagem de filmes de terror (lembra de Sexta-feira 13, ou Freddy X Jason?).

Agora que você já conhece a história do cantor Ferrugem, é hora de falar um pouco mais sobre as músicas do artista!

Principais músicas do cantor Ferrugem

Sempre que é questionado sobre a origem de suas composições, Ferrugem afirma que poucas delas são inspiradas na realidade. O cantor gosta muito de criar histórias fictícias e se basear nelas para compor. Ainda assim, ele consegue escrever com uma veracidade surpreendente.

Confira algumas das músicas mais ouvidas de Ferrugem!

Pra Você Acreditar

Pensa que não reparei que você passou em claro a madrugada inteira?
Quase nem te reconheço revirando do avesso a minha carteira

A música faz parte do último álbum do cantor, e fala sobre ciúmes e desconfiança.

Atrasadinha

Vamos pular a parte que eu peço aquele vinho do bom
A taça não merece tirar seu batom
Deixa comigo, que pra isso eu tenho o dom

Gravada em parceria com o cantor sertanejo Felipe Araújo, a música se tornou um grande sucesso nas rádios de todo o Brasil. Confira aqui a letra completa desse sucesso!

Você e Eu

Nem o tempo pode apagar tudo aquilo que a gente viveu
Você e eu, você e eu, você e eu

Antes da esposa atual, Thais Vasconcelos, Ferrugem foi casado com Juliana Barbosa, que também foi mãe de sua primeira filha. Alguns meses depois de se separar do cantor, Juliana faleceu por complicações de um procedimento estético.

A música Você e Eu é uma homenagem do cantor à sua ex-esposa, com quem ele sempre manteve uma relação amigável depois do divórcio.

E aí, gostou de saber mais sobre a história do cantor Ferrugem? Agora que você já sabe tudo sobre ele, que tal escutar um pouco mais? Confira todas as músicas do cantor!