LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Infantil

Relembre 15 cantigas de roda para ensinar aos pequenos

Por Camila Fernandes

27 de Junho de 2019, às 07:00


Se você nasceu antes dos anos 2000, com certeza já brincou de ciranda e sabe cantar ao menos uma musiquinha — nem que seja só Ciranda, Cirandinha ou Atirei o Pau No Gato. Basicamente, a brincadeira consiste em formar um círculo de mãos dadas e girar, entoando uma cantiga de roda.

As cirandas são parte do folclore brasileiro, nosso patrimônio imaterial, que faz da nossa cultura uma das mais ricas que existem. Apesar da origem européia, as cantigas brasileiras tiveram muita influência indígena e africana, tanto nos ritmos quanto nos temas.

Se engana quem pensa que é só uma brincadeira — apesar de seu intuito ser a diversão, a importância delas vai mais além — as cantigas de roda são uma forma de manter vivos nossos ritmos tradicionais e passar adiante rimas e jogos inspirados em tradições bem antigas.

Cantigas populares

Pensando nisso, que tal relembrar algumas cantigas para ensinar aos pequenos? Fizemos uma lista com 15 das mais populares, é só ler e se divertir!

1. Se Essa Rua Fosse Minha

Uma das cantigas mais fofas que, apesar de ser uma musica infantil, traz um significado muito complexo e que já rendeu várias interpretações.

Se essa rua, se essa rua fosse minha
Eu mandava, eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante
Para o meu, para o meu amor passar

Curiosamente, a maioria das pessoas acha que a música tem só uma estrofe que vai se repetindo, mas não é bem assim: confira a letra completa!

2. Cai, Cai, Balão

Cai, Cai, Balão é uma cantiga típica de festa junina — até a melodia da canção é mais animada, pegando um pouquinho do ritmo das quadrilhas.

Cai, cai, balão, cai, cai, balão
Aqui na minha mão
Não cai, não, não cai, não, não cai, não
Cai na rua do Sabão

3. O Cravo Brigou Com a Rosa

Uma historinha de amor entre um cravo e uma rosa que já inspirou várias peças de teatro e até uma novela brasileira!

O cravo brigou com a rosa
Debaixo de uma sacada
O cravo saiu ferido
E a rosa despedaçada

Confira a letra completa de O Cravo Brigou com a Rosa!

4. A Barata Diz Que Tem

A Barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata, ela tem é uma só
Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só!

Da segunda estrofe em diante, existem várias versões sobre as tais mentiras da baratinha, o legal é dar asas à criatividade!

5. Peixe Vivo

Mais uma cantiga de roda com uma letra linda, Peixe Vivo ensina às crianças sobre amor e amizade. Ela faz um paralelo entre a impossibilidade de um peixinho sobreviver fora da água e a nossa necessidade de viver perto daqueles que amamos. 💕

Como poderei viver
Como poderei viver
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia?

6. Borboletinha

Afinal, o que é poti, poti, perna de pau, olho de vidro e nariz de pica-pau pau pau? Será que são os ingredientes do chocolate? Uma referência aos piratas? Alguns dizem que é a descrição de um camarão, que em Tupi é chamado de poti.

Talvez nunca saibamos o que de fato significa a música Borboletinha, mas olha que fofura essa versão da Galinha Pintadinha:

7. Sapo Cururu

Essa aqui traz uma polêmica antiga: afinal, é sapo cururu ou sapo jururu? Acontece que existe mesmo um sapo chamado de sapo-cururu (ou sapo-boi), que é nativo da América Central e da América do Sul, e pode ser que a música esteja falando dele.

Entretanto, muitas pessoas entendem que na verdade a cantiga fala de um sapo tristonho, que está cabisbaixo na beira do rio, ou seja, um sapo meio jururu. Temos até vídeos das duas versões:

E você, o que acha?

8. Roda Pião

Essa cantiga de roda fala sobre outra brincadeira antiga: o pião de corda! Ao mesmo tempo, a letra cantada também dá a entender que ele se refere a um peão, que no caso é uma das crianças que participam da brincadeira.

Na coreografia tradicional, uma criança vai para o meio da roda e faz todos os movimentos descritos na letra, enquanto a roda continua girando. Quando a música diz entrega o chapéu ao outro, ó pião!, a criança que estava no centro escolhe outra para assumir seu lugar.

9. Escravos de Jó

Escravos de Jó é outra cantiga que tem várias versões diferentes, dependendo da região em que é cantada. Tudo indica que, na transmissão oral, ela foi sofrendo alterações que mudaram seu significado. Algumas têm o Zambelê, outras têm o Zé Guerreiro, o Zé Pereira, e por aí vai…

Na brincadeira da música as crianças ficam sentadas formando uma roda e cada uma precisa ter um objeto em mãos para participar do jogo. Essa é a forma mais conhecida da brincadeira, mas também existe uma outra que usa quatro bambus e funciona como uma espécie de amarelinha em movimento. Legal demais, né?

10. A Linda Rosa Juvenil

Todo mundo conhece a historinha da Bela Adormecida, não é mesmo? Pois A Linda Rosa Juvenil conta exatamente a mesma história, com a letra cheia de detalhes e um ritmo bem animado!

A linda rosa juvenil, juvenil, juvenil

11. Alecrim

A música Alecrim é originalmente portuguesa e tem até um ritmo bem puxado para o fado tradicional. No entanto, já existem várias versões brasileiras com adaptações na letra e na melodia.

Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim

12. Indiozinhos

A famosa música dos indiozinhos é muito usada para ensinar as crianças a contar, seja em português ou em inglês.

Um dois três indiozinhos
Quatro cinco seis indiozinhos

13. O Sapo Não Lava o Pé

Mais uma cantiga de roda usada para fins didáticos: além de ensinar aos pequenos a importância de lavar os pés (😂), a música ainda é usada para trabalhar as vogais na alfabetização!

Confira a letra completa de O Sapo Não Lava o Pé!

14. Eu Vi Uma Barata

Eu Vi Uma Barata, por sua vez, ajuda a aprender as notas musicais. Existem duas versões da letra: uma com o Seu Joaquim e outra em que a segunda estrofe é substituída pelas notas da escala musical.

Dó, Ré, Mí, Fá, Fá, Fá

15. Marcha Soldado

Além da brincadeira de roda e da coreografia, essa música tem até figurino: quem nunca fez um chapeuzinho de jornal?

E temos mais uma discordância na letra: afinal, quem deu o sinal de que o quartel estava pegando fogo foi Maria, São Francisco ou a polícia?

Asas à criatividade

Para manter o legado deixado pelas cantigas de roda, sejam as antigas ou as mais recentes, é importante preservar as brincadeiras, aprender mais sobre elas e ensinar às crianças de hoje. No futuro, elas serão responsáveis por continuar essa transmissão, fazendo com que as cirandas permaneçam de geração em geração.

Como você percebeu, a maioria das letras tem várias versões diferentes, muitas vezes porque as músicas são de origem desconhecida e foram passando de boca a boca, sem registro escrito.

Ao contrário do que você pode pensar, isso não é um problema, é justamente essa a beleza das cantigas de roda: elas se adaptam ao contexto, podem ser modernizadas e receber expressões regionais, novas frases, rimas e ritmos.

E aí, gostou de aprender mais sobre o assunto? Que tal continuar no clima? Conheça 12 músicas infantis que estimulam uma rotina saudável para as crianças!

Mais posts com conteúdo infantil pra você