LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

Confira a análise da música Daniel Na Cova Dos Leões

Por Érika Freire

5 de Maio de 2020, às 12:00


A genialidade poética de Renato Russo marcou a trajetória da Legião Urbana e de seus trabalhos solo, com letras dignas de grandes reflexões, críticas e interpretações múltiplas, como é o caso de Daniel Na Cova Dos Leões.

Escrita por Renato Russo, a música é a primeira faixa do álbum Dois, lançado em 1986, e que trouxe outros sucessos da banda, como Quase Sem Querer, Eduardo e Mônica, Tempo Perdido, Índios e Fábrica.

Legião Urbana
Créditos: Divulgação

Daniel Na Cova Dos Leões é interpretada pela maioria como um relacionamento homossexual entre dois homens, principalmente por conta da primeira estrofe.

Porém, ao ler a letra, podemos notar outras possíveis mensagens e até mesmo a escolha do título com referências bíblicas causa dúvidas. 

O mais interessante é que, como toda boa obra poética, a música não se fecha e permite que cada um possa interpretar à sua maneira. Mas vamos analisá-la juntos? 

Análise da música Daniel Na Cova Dos Leões

Em 1988, a Legião Urbana realizava um show no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, quando Renato disse a seguinte frase: “Essa agora, é sobre uma coisa que é muito boa, mas que no momento está sendo meio difícil. É sobre sexo”.

Show do Legião Urbana no Maracanazinho
Show do Legião Urbana no Maracanazinho / Créditos: Divulgação

Logo, ele cantaria Daniel Na Cova Dos Leões. Renato nos deu uma pista sobre o tema central da canção. Mas então, por que o título inspirado na parábola do Antigo Testamento Bíblico, Daniel Na Cova Dos Leões?

A ideia que Renato quis passar é a de que tanto o personagem da música quanto o Daniel bíblico precisavam desafiar a si mesmos e que estavam em situações figurativamente parecidas.

Vamos entender melhor na análise verso a verso de Daniel Na Cova Dos Leões.

Aquele gosto amargo do teu corpo
Ficou na minha boca por mais tempo
De amargo, então salgado ficou doce
Assim que o teu cheiro forte e lento

A primeira estrofe é que mais indica, de acordo com os fãs, que a música fala sobre uma relação sexual. Daniel Na Cova Dos Leões pode ser dividida em três partes e esta primeira é o ato, a descrição da relação

Fez casa nos meus braços
E ainda leve, forte, cego e tenso
Fez saber
Que ainda era muito e muito pouco

A segunda parte é aquilo que permanece depois do ato. Os dois ainda juntos, presentes.

O outro está nos braços do personagem, que sente todas as nuances e sabe que ainda era pouco, como se faltasse algo mais. 

Faço nosso o meu segredo mais sincero
E desafio o instinto dissonante
A insegurança não me ataca quando erro
E o teu momento passa a ser o meu instante

Ele sabe que precisa manter isso em segredo e promete sinceridade ao seu amado. Por conta do que é teoricamente proibido, o instinto é apontado na letra como dissonante, que significa algo que destoa, que não condiz. 

Podemos entender como sendo a percepção do próprio Renato sobre como a relação amorosa entre dois homens pode ser apontado pela sociedade de forma preconceituosa.

E o teu medo de ter medo de ter medo
Não faz da minha força confusão
Teu corpo é meu espelho e em ti navego
E eu sei que a tua correnteza não tem direção

Ao entrar na terceira parte da canção, a letra parece ganhar um tom de imposição sobre o outro.

Repare que o personagem já tinha prometido manter segredo, dando a entender que o companheiro pudesse se mostrar mais preocupado com o fato do que ele próprio. 

E então esta estrofe, cujo som e voz de Renato ganham ainda mais potência, como uma espécie de grito, aponta que o medo do outro é muito profundo.

E ele repete, enfatizando o tamanho da escuridão na qual o ser amado parecia estar. Mas ele se mostra mais consciente e diz que mesmo assim a força dele não se abala, não se transforma em confusão

As duas últimas frases da estrofe são outros indícios de que ele estaria se referindo a uma relação entre dois homens, pois cita: teu corpo é meu espelho e em ti navego e eu sei que a tua correnteza não tem direção

Mas, tão certo quanto o erro de ser barco a motor
E insistir em usar os remos
É o mal que a água faz quando se afoga
E o salva-vidas não está lá porque não vemos

Encerrando a letra de Daniel Na Cova Dos Leões, Renato usa trechos complicados e de difícil interpretação: tão certo quanto o erro de ser barco a motor e insistir em usar os remos

Imagine alguém que está em um barco a motor, podendo facilmente encarar a situação e chegar mais rápido ao destino, mas prefere usar remos, dificultando toda a viagem

Essa parte pode ser compreendida como a sensação de Renato diante da própria condição de vida. Ele sabe quem ele é, e, por isso, não se permitir ser, só vai tornar tudo mais complicado. 

Renato Russo
Créditos: Divulgação

Nas duas últimas frases, ele diz: é o mal que a água faz quando se afoga e o salva-vidas não está lá porque não vemos. Ele pode se afogar se continuar assim e sabe o mal que isso irá lhe causar.

E o salva vidas não é visto, muitas vezes, porque nós não nos enxergamos. Somos nós que salvamos a nós mesmos. Parece que Renato reconhece o seu poder, ele sabe que precisa se salvar; só depende dele.

Daniel Na Cova Dos Leões: inspiração bíblica

Há interpretações sobre a música Daniel Na Cova Dos Leões que buscam fazer uma análise de acordo com a própria passagem bíblica no qual o título da música foi inspirada. 

Daniel na Cova dos Leões, pintura de Peter Paul Rubens
Daniel Na Cova Dos Leões, pintura de Peter Paul Rubens / Créditos: Divulgação

Na passagem, Daniel é jogado na jaula com os leões por ter sido pego orando para o seu Deus, o que estava proibido por conta de uma determinação do rei. Como castigo, ele foi jogado na jaula, passou a noite com os leões, mas nada lhe aconteceu

De acordo com o próprio Renato Russo, a ideia da música era falar sobre alguém que estava encurralado, assim como Daniel, que precisa encarar o fato de sua sexualidade não ser aceita pela sociedade. 

Se pensarmos que Renato Russo chegou a assumir sua bissexualidade, e diante do contexto no qual estava inserido, é fácil compreender as dificuldades, preconceitos e julgamentos que o músico passou. 

Por isso, ele colocou o título da música igual ao da passagem bíblica. A fé de Daniel incomodava aos demais, assim como o personagem da música de Renato Russo.

Qual música do Legião Urbana melhor te representa? 

É praticamente impossível ouvir Legião Urbana e não se identificar com as canções. Elas falam sobre sentimentos e parecem definir tudo o que passa pela nossa cabeça.

Que tal agora conferir nosso quiz pra descobrir qual música do Legião você é? Comece já a brincadeira!

Quiz Legião Urbana

Continue lendo sobre o Legião: