The Line

Black Rebel Motorcycle Club

Original Tradução Original e tradução
The Line

I am the line, I hold you near,
There is no burden left to bear, I can see clear,
You're in suspension, you know no love,
There is no story left to tell, You have no wisdom to pass on,
I am the soul of absolution, No man can hurt his own illusion,
My hands are crippled from the pain, You are the splinter in my vein,
You put your head between your hands, and understand, Nothing it is,
I feel the answers keep you scared, I've put the harm inside myself.

I am the line, I hold you near,
There is no burden left to bear, I can see clear,
I am perfected, I know no void,
I have no conscience to keep clear, I understand there's nothing more,
You try to kid yourself with questions, Pleading in time for some correction,
I found you tied onto the cross, with judgement on your every thought,
You know my words all mean the same, you've buried here to isolate,
And in this prison in your mind, Well you were born without a spine.

When did you stop caring?
When did you stop caring?
Where did you stop caring?
Where did you stop caring?

All along,
I've been waiting on the open invitation,
Your silence shown me no relation,
In the rising calm,
Don't you feel alone,
I'll be standing with your sorrow,
Oh he's left me's gone away tomorow,
And we maynever be here again,
We may never be here again.

But the earth on either side,
Don't leave me standing alone in the light,
But the earth on either side,
Don't leave me standing alone in the light.

All along,
I've been waiting on the open invitation,
Your silence shown me no relation,
In the rising calm,
Don't you feel alone,
I'll be standing with your sorrow,
Oh he's left me's gone away tomorow,
And we maynever be here again,
We may never be here again.

A Linha

Eu sou a linha, te mantenho próxima a mim,
Não há mais fardo para carregar, eu consigo ver claramente,
Você está suspensa, não sabe o que é o amor,
Não há nenhuma história pra contar, você não tem sabedoria para passar adiante,
Eu sou a alma do perdão, nenhum homem pode machucar sua própria ilusão,
Minhas mãos foram mutiladas pela dor, você é o estilhaço em minha veia,
Você põe sua cabeça entre as mãos, e entende, isso não é nada,
Sinto que as respostas te mantém assustada, eu pus o mal dentro de mim.

Eu sou a linha, te mantenho próxima a mim,
Não há mais fardo para carregar, eu consigo ver claramente,
Eu sou perfeito, não conheço o vazio,
Eu não tenho consciência para manter limpa, eu entendo que não há nada mais,
Você tenta se enganar com perguntas, pleiteando a tempo por alguma correção,
Eu a encontrei amarrada sobre a cruz, com o julgamento de cada pensamento seu,
Eu sei que minhas palavras sempre significam o mesmo, você se enterrou aqui para se isolar,
E nessa prisão da sua mente, bem, você nasceu sem uma espinha.

Quando foi que você deixou de se importar?
Quando foi que você deixou de se importar?
Onde foi que você deixou de se importar?
Onde foi que você deixou de se importar?

Durante todo o tempo,
Eu tenho esperado por um convite aberto,
Seu silêncio não me mostrou nenhuma relação,
Na calma crescente,
Não se sinta sozinha,
Eu estarei segurando a sua tristeza,
Oh, ele me deixou para partir amanhã,
E nós poderemos nunca mais estar aqui,
Nós poderemos nunca mais estar aqui.

Mas em cada canto da terra,
Não me deixe aqui parado sozinho na luz,
Mas em cada canto da terra,
Não me deixe aqui parado sozinho na luz.

Durante todo o tempo,
Eu tenho esperado por um convite aberto,
Seu silêncio não me mostrou nenhuma relação,
Na calma crescente,
Não se sinta sozinha,
Eu estarei segurando a sua tristeza,
Oh, ele me deixou para partir amanhã,
E nós poderemos nunca mais estar aqui,
Nós poderemos nunca mais estar aqui.

Composição: Black Rebel Motorcycle Club
Enviada por Robson e traduzida por Icaro.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Black Rebel Motorcycle Club

Ver todas as músicas de Black Rebel Motorcycle Club