Cristo Sarau

Biorki

Nascido em belem, família humilde também
Criado e bem criado nas ruas de Jerusalém
Mais um menino comum, que ali nasceu
Mais um menino comum, porem o próprio Deus
Crescia em tamanho, crescia em sabedoria
Crescia em espirito se enchia a cada dia
Carregava a responsa de uma grande missão
O salvador do mundo, a porta da salvação

Aos 13 de idade ja ensinava os grandão
Ninguém sabia de onde vinha tanta informação
Perdido dos pais um dia se achou no templo
Lugar de refugio e descanso a todo tempo
Filho de carpinteiro aprendeu a profissão
Mas nada o tirava da sua grande missão
Aos 30 de idade foi batizado por João
Uma pomba branca sobre ele, clara filiação

Uma voz do céu se ouviu por todos que estavam ao lado
Esse é meu filho amado em quem me comprazo
Numa festa de casamento ficou clara a verdade
Transformou água em vinho e começou os milagres
Jesus, Jesus
Nele a gente pode confiar 2 x
Escolhido a dedo por ele 12 amigos

Que estariam todos juntos mesmo que fosse em perigo
Mó role por toda Israel fazendo milagres
Por onde quer que fosse marcava sua passagem
O cego enxergava, o coxo andava, o surdo ouvia
O demônio saia e o pecador se convertia
Muito movimento levantou desconfiança
Dos que diziam por Deus, ter a liderança
Investigação, pesquisa e especulação

Mas se o cara não tem brecha é difícil a acusação
Como prender alguém que não tem um crime
Mas que ameaça todo um sistema, um regime
A serpente, que desde o inicio age na conversa
Apareceu entre os 12 e arquitetou a tragédia
Um coração com ambição pode fazer estrago
Combinado, por 30 moedas ai é fácil
Preso, humilhado, povo confuso e dividido

Querem os milagres, mas o chamam de bandido
Solte barrabás, e mate a Jesus
Ele já salvava um homem mesmo antes da cruz
Jesus, Jesus
Nele a gente pode confiar
Sabendo o que viria ele foi como um cordeiro
Santo, sem pecado, pendurado em um madeiro
Quem olhava via, mas não entendia
Sendo filho de Deus o que será que ele faria?

Com sede ao invés de água beber do vinagre
Ferida exposta arde, enquanto o sol bate
Depois de muita dor, cansaço e desgaste físico
Orou ao pai, a ti entrego meu espirito
O céu se fechou em trevas nuvens escuras
Todos viram quem era que descia a sepultura
No templo algo estranho aconteceu
O véu que separava rasgou e tudo tremeu
A missão tinha sido feita, concluída

O filho de Deus pagou por nós pela vida
E ao terceiro dia, pra surpresa da massa
No sepulcro não tem nada a pedra foi tirada
O filho de Deus ressuscitou dos mortos
É o que se ouvia la em todo território
Desde la até aqui, vem salvando multidão
Seu nome é Jesus, Deus da salvação
Jesus, Jesus
Nele a gente pode confiar


Posts relacionados

Ver mais no Blog