Céu

Biorki

Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, é de graça
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, viu? É de graça!

Água sagrada da pia
Não há nada como um dia após um péssimo dia
Piso num piso que num é terra nem barro
Briso num aviso que avisa que o que eu "preciso é de um carro?"
Forcas que eu mesmo me amarro, São Paulo, trago cigarro
Nascem palavras que voam e te soam como catarro
Trilha pros fatos que narro, brindando as mortes que vivo
Em velhas múmias esbarro, sigo inventando motivos
Abrindo túmulos, rindo de cúmulos
Juízes, súmulas, rasgo e anulo-os... Ou burlo-os!
Nada nas mãos, fogos nos pés: Respiro decibéis
A estrada do deserto é contra acúmulos!
De antigos faraós a novos coronéis: Golpe express
O mais caçado em campo é o 10 e o 9
Poeta bom é aquele que resolve
Redesenhando a solução enquanto ela dissolve
Nunca fui fã de óvni, de cavaleiro ou ninja
Super poder: Linguagem, super herói é dja
Palavra cura, é ultravioleta em verso
Que cada treva do universo a nossa luz atinja!

Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, é de graça
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, viu? É de graça!

Cê já olhou pro céu, e agradeceu o seu dia?
Olha quem tá do seu lado e agradece a companhia
Agradece pelo ar que o seu pulmão respira
Agradece pelas coisas simples do dia a dia
Quem não enxerga o real valor da vida
Vive reclamando não ter nada
Prefere sentar e lamber as próprias feridas
Do que festejar pela graça que foi dada
Quem não tem valor, tem preço, é verdade
Por isso tantos perdem a vida em busca de futilidades
Nunca enxergaram o seu real valor
Nunca experimentaram na verdade o que é o amor
Resumiram sua existência em apenas, ter
Morreram sem saber o que poderiam, ser
Quantos sonhos ja foram interrompidos
No corre atrás de sonhos, antes já corrompidos
A vida é mais, irmão, a vida é mais
Paz, não é com dinheiro que corre atras
Esse corre é por dentro, quieto, calado
De preferencia de joelhos e olhos fechados
Silenciar… Todo tumulto de dentro
Pra poder enxergar a real beleza do momento
E ver, que a vida é muito mais do que o olho alcança
Só pela fé cê o mundo como uma criança

Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, é de graça
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Mesmo não tendo tudo que sempre quis
Basta olhar pro céu pra ser feliz
Porque, é de graça, viu? É de graça!

Composição: Biorki / Kivitz
Enviada por Fabio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog