LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Lo Siento (part. Sofia Reyes)

Beret

Lo Siento (part. Sofia Reyes)

Tú siempre decías que nunca te irías
Sino que iría bien
No luchar por lo que quieres
Solo tiene un nombre y se llama perder

Si te hice daño
No fue sin quererte, sino sin querer
Dime solo qué prefieres
Si tienes la opción de tener o temer

Tú solo piensas en cómo se acaba
Yo solo pienso en cómo acabaré
Un día me dices: Me faltan las ganas
Otro lo pienso y nunca te gané

Yo que hice todo por que te quedaras
Ahora lo pienso y con qué me quedé
Tiempo perdido, quizás lo he ganado
De echarte de menos a decir: Te eché

Lo siento
Por hacerte perder el tiempo
Por pensar que hacer otro intento
Por tenerte, lucharte y sentirte, te haría feliz

Reviento
Porque a veces ni yo me entiendo
Cómo voy a entender lo nuestro
Si nunca te entendí ni a ti

Yo sé
Que en importarme el pasado
Que antes me mataba, solo es crecer
Que nunca hemos sido dos
Ya que contando el miedo éramos tres

Porque somos tan iguales
Que si yo me voy, tú te vas también
El fallo es tener un problema
Y nunca aprender

Si voy a quedarme, que sea contigo
Si voy a correr, que sea por el filo
Sé que el futuro no estaba delante
Ahora sí me doy cuenta que me castigo

Ya gané al tiempo y no está perdido
Yo nunca recuerdo, pero no olvido
Existen más cartas que nunca se dieron
Porque ya no hay fuerzas por quien la ha escrito

Lo siento
Por hacerte perder el tiempo
Por pensar que hacer otro intento
Por tenerte, lucharte y sentirte, te haría feliz

Ay, reviento
Porque a veces ni yo me entiendo
Cómo voy a entender lo nuestro
Si nunca te entendí ni a ti

Porque tus aciertos dirán dónde estás
Y tus fallos tan solo por dónde ir
De qué me vale la cantidad
Si solo la intensidad va a hacerme feliz

Antes de hacer lo que va destrozarnos
Prefiero salvarme y hacerme a mí
Ahora comprendo que no puedes darme
Aquello que no tienes ni vive en ti

Lo siento
Por hacerte perder el tiempo
Por pensar que hacer otro intento
Por tenerte, lucharte y sentirte, te haría feliz

Yo reviento
Porque a veces ni yo me entiendo
Cómo voy a entender lo nuestro
Si nunca te entendí ni a ti (a ti)

Tú siempre decías que nunca te irías
Sino que iría bien
No luchar por lo que quieres
Solo tiene un nombre y se llama perder

Si te hice daño
No fue sin quererte, sino sin querer
Dime solo qué prefieres
Si tienes la opción de tener o temer

Me Desculpa (part. Sofia Reyes)

Você sempre dizia que não iria embora
Mas que tudo estava indo bem
Não lutar pelo que você quer
Só tem um nome e isso se chama perder

Se eu te machuquei
Não foi por não te amar, mas foi sem querer
Apenas me diz o que você prefere
Se você tiver que escolher entre ter e temer

Você só pensa em como acabar com isso
E eu só penso em como vou sair dessa
Um dia, você me diz: Não tenho mais vontade
No outro, eu penso e nunca te tive

Eu que fiz tudo para que você ficasse
Agora penso melhor e com quê eu fiquei
Tempo perdido, talvez eu tenha ganhado
De sentir sua falta passei a dizer: Te esqueci

Me desculpa
Por gastar seu tempo
Por pensar que tentar de novo
Te ter, lutar por você e te sentir, te faria feliz

Me rendo
Porque, às vezes, nem eu me entendo
Como posso nos entender
Se nunca nem te entendi

Eu sei
Que por me preocupar com o passado
Que antes só me matava, apenas é crescer
Que nunca fomos dois
Já que contando o medo éramos três

Porque somos tão iguais
Que se eu vou parto, você se vai também
O erro é ter um problema
E nunca aprender

Se eu vou ficar, que seja contigo
Se vou correr, que seja pelo precipício
Sei que o futuro não estava à frente
Agora sim percebo que me castigo

Já recuperei o tempo e nem tudo está perdido
Eu nunca lembro, mas não esqueço
Existem mais cartas que não foram enviadas
Porque quem as escreveu já não tem mais forças

Me desculpa
Por gastar seu tempo
Por pensar que tentar de novo
Te ter, lutar por você e te sentir, te faria feliz

Ai, me rendo
Porque, às vezes, nem eu me entendo
Como posso nos entender
Se nunca nem te entendi

Porque seus acertos dirão onde você está
E seus erros apenas aonde ir
De que me serve a quantidade
Se só a intensidade vai me fazer feliz

Antes de fazer o que nos destruirá
Prefiro me salvar e cuidar de mim
Agora entendo que você não pode me dar
Aquilo que você não tem nem vive em você

Me desculpa
Por gastar seu tempo
Por pensar que tentar de novo
Te ter, lutar por você e te sentir, te faria feliz

Eu me rendo
Porque, às vezes, nem eu me entendo
Como posso nos entender
Se nunca nem te entendi

Você sempre dizia que não iria embora
Mas que tudo estava indo bem
Não lutar pelo que você quer
Só tem um nome e isso se chama perder

Se eu te machuquei
Não foi por não te amar, mas foi sem querer
Apenas me diz o que você prefere
Se você tiver que escolher entre ter e temer

Composição: Anabel Perez Reyes / Francisco Javier Alvarez Beret / Manuel Sanchez Rodrigues
Enviada por Maria, Traduzida por Robô, Legendado por Alazne e Taylor