Belinda

Ben Folds

Original Tradução Original e tradução
Belinda

Every night around this time
He has to sing 'Belinda'
"Belinda, I love you
Don't leave me, I need you"

He tried to stop a while back
But what is he without her?
A one hit wonder with no hits, is what he is

And, anyway
He always hears how much it means to people
There's a lot of fortysomethings
Who wouldn't be in the world without it
So, now, he does it with this lyric in his head

Belinda, I loved you
I'm sorry that i left you
I met somebody younger on a plane
She had big breasts
A nice smile
No kids either
She gave me complimentary champagne

No-one ever wants to hear the song he wrote for Cindy
"Cindy, I love you
I need you, don't leave me"
And he can't blame them, they can tell
His heart was never in it
And Cindy never liked it, but
She never much liked him

Belinda, I loved you
I'm sorry that i left you
I met somebody younger on a plane
She had big breasts
A nice smile
No kids either
She gave me complimentary champagne

So every night about this time
He feels the old self loathing
While the old folks in the audience sing along
And he smiles and waves the mic at them
So they can do the chorus
But he's not there, he's somewhere else
He's with Belinda
In the days before he made it all go wrong

Belinda, I love you

She gave me complimentary champagne
She gave me complimentary champagne

Belinda

Todas as noites, por volta desta hora
Ele tem que cantar 'Belinda'
"Belinda, eu te amo
Não me deixe, eu preciso de você."

Ele tentou parar, há um tempo atrás
Mas o que é ele sem ela?
Uma 'maravilha-de-um-sucesso-só' sem sucessos, é o que ele é

E, de qualquer forma
Ele sempre ouve o quanto ela significa para as pessoas
Há tantos quarentões
Que não estariam no mundo sem ela
Então, agora, ele a canta com essa letra em sua cabeça:

Belinda, eu te amei
Sinto muito por ter te abandonado
Eu conheci alguém mais jovem num avião
Ela tinha seios grandes
E um sorriso bacana
Não tinha filhos, também
Ela me ofereceu champanhe de cortesia

Ninguém nem quer saber de ouvir a canção que ele escreveu pra Cindy
"Cindy, eu te amo
Preciso de você, não me deixe"
E ele não pode culpá-los, eles podem dizer
Seu coração nunca esteve nela (na música)
E Cindy nunca gostou dela, mas
Ela nunca gostou dele, também

Belinda, eu te amei
Sinto muito por ter te abandonado
Conheci alguém mais jovem num avião
Ela tinha seios grandes
E um sorriso bacana
Não tinha filhos, também
Ela me ofereceu champanhe de cortesia

Então, todas as noites, por volta desta hora
Ele sente seu "eu" antigo em ódio
Enquanto o povo antigo o acompanha cantando, no show
E ele sorri e aponta o microfone para eles
Para que possam cantar o refrão
Mas ele não está lá, ele está em outro lugar
Ele está com Belinda
Nos dias antes de ter feito tudo errado

Belinda, eu te amo

Ela me deu champanhe de cortesia
Ela me deu champanhe de cortesia

Composição: Ben Folds / Nick Hornby
Enviada por Marcus e traduzida por Jean. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ben Folds

Ver todas as músicas de Ben Folds