Como Tu no Hay Dos

Beatriz Luengo

Original Tradução Original e tradução
Como Tu no Hay Dos

Nunca hubo nadie igual a ti
Que despertara en mi tanta sensación de amar
Besar tú boca como quiero comenzar
Dejemos que esta noche ponga su velocidad
No te preocupes si nos coje la mañana
Y nos despierta entre y violines y trompetas
Quizás fui musa de aquel fracasado poeta
Cansada de besar ranas y ninguna con sorpresa

Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
(Come on come on, ah come on come on baby)

Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
(Come on come on, ah come on come on baby)

Monta con todo tú equipaje
No te preocupes mira si hoy te mando mi carruaje
Así que monta con todo tú equipaje
Y pongan vino y comida en esta mesa
Porque este reino ya tiene su princesa
Ahora tú busca un castillo a tu preciosa dama
Que será el lecho donde voy a ser amada
En el no habrá oro, riqueza ni fama
Pero si estará mi Dartañan que mataría por mi con su espada
Tres mosqueteros a mi disposicíon un sastre que sería
Yo la musa de su confeccíon
5 viñeros barriles de cerveza para tú linda princesa
Y una botella de ron
Almohadas de algodón para dormir la siesta
No te molestes si me ves que estoy despierta
Yo esparare al momento que todos se acuestan
Y ese será el motivo para comenzar la fiesta

Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
(Come on come on, ah come on come on baby)

Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
(Come on come on, ah come on come on baby)

Vamos a escaparnos a la antigua por la ventana mami mira
Con la sabana y la silla
Vamos a escaparnos bien lejos
Hazme una seña niña cuando se acuesten tus viejos
Yo vendré a buscarte con mi carruaje
Solo quiero mami que te relajes
No hace falta ropa ni maquillaje
Solo bastas tu, ooooh

Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
(Come on come on, ah come on come on baby)
Como tú no hay dos, como tú no hay dos
Como tú dos mira, como tú no hay
Como tú no hay dos, como tú no hay dos

Como Você Não Há Dois

Nunca houve ninguém igual a você
Que despertasse tanto em mim a sensação de amar
Como quero começar a beijar sua boca
Deixemos que esta noite ponha o seu ritmo
Não se preocupe se a manhã nos alcançar
E nos despertar entre violinos e trombetas
Quem sabe fui musa daquele poeta fracassado
Cansada de beijar sapos e nenhum com surpresa

Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois
(Come on come on, ah come on come on baby)

Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois
(Come on come on, ah come on come on baby)

Monta com toda sua bagagem
Não se preocupe, olhe se hoje te mando minha carruagem
Assim você monta com toda sua bagagem
E ponham vinho e comida na mesa
Porque este reino já tem sua princesa
Agora você busca um castelo para sua preciosa dama
Que será o leito onde vou ser amada
Nele não haverá ouro, riqueza, nem fama
Mas estará meu Dartañ que mataria por mim com sua espada
3 mosqueteiros a minha disposição, um alfaiate em que seria
Eu a musa de sua confecção
5 vinhedos, barris de cerveja para sua linda princesa
E uma garrafa de Run
Almofadas de algodão para dormir na 'siesta'
Não se aborreça se me ver acordada
Eu esperarei o momento em que todos durmam
E esse será o motivo para começar a festa

Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois
(Come on come on, ah come on come on baby)

Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois
(Come on come on, ah come on come on baby)

Vamos como fugir às antigas, pela janela, mami veja
Com a savana e a cadeira
Vamos fugir para bem longe
Faz-me uma pequena senha quando dormirem seus velhos
Eu virei a buscarte com minha carruagem
Só quero quero, mami, que você relaxe
No faz falta roupa nem maquiagem
Só basta você, ooooh

Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois
(Come on come on, ah come on come on baby)
Como você não há dois, como você não há dois
Como você dois olham, como você não há
Como você não há dois, como você não há dois

Composição: Beatríz Luengo
Enviada por Camila e traduzida por Camila.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog