Mulher (Resposta)

Bárbara Dias

Nem liguei pro meu patrão
Deixei o velho na mão
E fui pra rua espairecer
Buscar uma solução
Pros problemas que eu tinha
Dei um giro na cidade quando decidi te ver
Bati no seu portão com lágrimas no rosto
Deixei meu mundo exposto
Já nem lembro o porquê
Abraço apertado
Num gesto desesperado
Saudade mútua e eu me entreguei pra você
Disse eu não tô bem
Você faz muita falta, já tá muito tenso em casa
E os problemas tão demais
Capaz de eu me jogar no mundão
Calar o meu juízo e me guiar com o coração
Já nem sei bem
Cê sabe que eu sempre te quis
Tive que te procurar
Se quiser desabafar, você tá ali
Mas com toda essa saudade
Sei que cê nem vai me ouvir
Meu bem, eu não sei mais o que fazer
No meio disso eu só penso em você
Mas deixa pra amanhã, deixa pra amanhã
Hoje eu quero ser sua
Mulher, eu não sei mais o que fazer
No meio disso eu só penso em você
Mas deixa pra amanhã, deixa pra amanhã
Hoje eu quero ser sua mulher
Saio da cama cedo sem te acordar
Só pra poder me arrumar
Pra depois te ver me olhando
Com seus olhos brilhando
Me dizendo que me ama
E que nem tem o que falar
Cê tem tudo o que eu quero
Sempre que me surpreende eu quase perco chão
Todo homem cria em si uma armadura
Que só consegue invadir
Quem toca bem o coração
Mas eu não tô bem
Você faz muita falta, já tá muito tenso em casa
E os problemas tão demais
Capaz de eu me jogar no mundão
Calar o meu juízo e me guiar com o coração
Já nem sei bem
Cê sabe que eu sempre te quis
Tive que te procurar
Se quiser desabafar, você tá ali
Mas com toda essa saudade...
Meu bem, eu não sei mais o que fazer
No meio disso eu só penso em você
Mas deixa pra amanhã, deixa pra amanhã
Hoje eu quero ser sua
Mulher, eu não sei mais o que fazer
No meio disso eu só penso em você
Mas deixa pra amanhã, deixa pra amanhã
Hoje eu quero ser sua
Se eu te deixar, me busca
Se eu esquecer, me lembra
Se eu me jogar, segura
Se eu fugir, me prenda
Se eu me perder, me encontra
Se eu vacilar, perdoa
Se eu me atrasar, meu bem
Espera lá de boa
Se eu for só tua, aguenta
Se eu ligar, me atende
E se a gente brigar,
A gente se entende
Se eu gritar, me escuta
Se eu chorar, me abraça
E fica, meu amor,
Não importa o que eu faça
Se tu tá bem, eu tô
Se tu não tá, também
Não tô legal, não tô
Pergunto: o que é que tem?
Cê diz que tá tranquilo
Mas eu sei que não tá
Quando você tá mal
Nem precisa falar
Se eu te quiser, vem logo
Se eu desistir, não deixa
Se eu não souber, me conta
Se eu te amar, me aceita
Se eu cair, me pega
Se machucar, me cura
Se eu pedir, não nega
Se eu duvidar, me jura
Meu bem, eu não sei mais o que fazer
No meio disso eu só penso em você
Mas deixa pra amanhã, deixa pra amanhã
Hoje eu quero ser sua
Sua mulher


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Bárbara Dias

Ver todas as músicas de Bárbara Dias