Quiereme

Luis Eduardo Aute

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Quiereme

Quiéreme, aunque sea de verdad
Quiéreme, y permíteme el exceso
Quiéreme, si es posible, sin piedad
Quiéreme, antes del último beso

Quiéreme, haz que se incinere el mar
Quiéreme, como el vendaval que pasa
Por el resto de una brasa
Dentro de un glaciar

Quiéreme, sin el mínimo pudor
Quiéreme, con la insidia de la fiera
Quiéreme, hasta el último temblor
Quiéreme, como quien ya nada espera

Quiéreme, aunque no sepas fingir
Quiéreme, que de todas mis flaquezas
Sacaré la fortaleza
Para revivir

Sabes bien
Que jamás te lo he pedido
Ni jamás te hice un reproche
Por lo que esta vez te pido
Ya que no es cosa de dos
Que tú seas quien me quiera
Como nunca me has querido
Esta noche del adiós

Quiéreme, ahora que llegó el final
Quiéreme, sin más puntos suspensivos
Quiéreme, aunque venga el bien del mal
Quiéreme, como si estuviera vivo

Quiéreme, que no entiendo qué hago aquí
Quiéreme, si no quieres que esté muerto
Porque todo es un desierto
Fuera de ti

Quiéreme, que ya empieza a anochecer
Quiéreme, aunque solo sea un instante
Quiéreme, y hazlo como otra mujer
Quiéreme, como si fuera otro amante

Quiéreme, que mañana ya murió
Quiéreme, como si el mundo acabara
Como si nadie te amara
Tanto como yo

Sabes bien

Quiereme

Ame-me, mesmo se for verdade,
Ame-me, e permita-me em excesso,
Ame-me, se possível, sem piedade,
Ama-me antes de o último beijo.

Ame-me, deixe o mar incinerar,
Ame-me, como a tempestade passar,
Para o resto de carvão
Dentro de uma geleira.

Ame-me, sem o menor constrangimento,
Ama-me com a insídia da besta,
Ame-me, até o último tremor,
Ame-me, como quem nada espera.

Ame-me, mas não sei fingir,
Ame-me, que de todas as minhas fraquezas
Vou tirar força
Para reviver.

Você sabe
O que eu nunca pedi
Não já fez uma censura ...
Neste momento eu pergunto:
Uma vez que não é uma questão de dois
Quem quer que você me quer
Como se você nunca me amou
Adeus Esta noite ...

Ame-me, agora que o fim chegou,
Ame-me não mais elipses,
Ame-me, ou vir o certo do errado,
Ame-me, como se ele estivesse vivo.

Ame-me, eu não entendo por que estou aqui,
Ame-me, se você não quer que eu seja morto,
Porque tudo é um deserto
Fora de você.

Ame-me, que começa ao entardecer
Ame-me, mesmo que apenas por um momento,
Ame-me, e fazê-lo como uma outra mulher,
Ame-me, como um outro amante.

Ame-me, naquela manhã e morreu,
Ame-me, como se o mundo acabou,
Como ninguém te amou
Por mais que eu ...

Você sabe ...


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Luis Eduardo Aute

Ver todas as músicas de Luis Eduardo Aute