Escreve Aí

Aurelina Dourado

Sabe quando o coração tá machucado
Tá doendo as pedradas te acertam só vai corroendo
Você fica sem saída e o que restam são as lágrimas que caem ao chão

Mesmo assim você chegou aqui com a alma rastejando, implorando e chorando de joelhos me buscando
Mesmo que as circunstâncias só andam pra você na contramão

Lembra aquela madrugada que você perdeu o sono no cantinho da sua cama você me clamando, gemendo e chorando
Eu ouvi meu filho a sua oração

Escreve aí, sou eu meu filho que falo contigo, nessa hora
Marquei um encontro hoje para mudar a sua história, as suas lágrimas vou enxugar

Vai lembrando aí, daquelas madrugadas que você perdeu o sono
No canto da sua cama eu ouvi você me clamando
Você não viu, mas eu estava lá

Hoje no seu deserto ponho um fim, chega de chorar
Lembra aquela madrugada que você perdeu o sono no cantinho da sua cama você me clamando, gemendo e chorando
Eu ouvi meu filho a sua oração

Escreve aí, sou eu meu filho que falo contigo, nessa hora
Marquei um encontro hoje para mudar a sua história, e as suas lágrimas vou enxugar

Vai lembrando aí, daquelas madrugadas que você perdeu o sono
No canto da sua cama eu ouvi você me clamando
Você não viu, mas eu estava lá

Hoje no seu deserto ponho um fim

Escreve aí, sou eu meu filho que falo contigo, nessa hora
Marquei um encontro hoje para mudar a sua história, as suas lágrimas vou enxugar

Vai lembrando aí, daquelas madrugadas que você perdeu o sono
No canto da sua cama eu ouvi você me clamando
Você não viu, mas eu estava lá

Hoje no seu deserto ponho um fim, chega de chorar

Hoje no seu deserto ponho um fim, chega de chorar


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Aurelina Dourado

Ver todas as músicas de Aurelina Dourado