Castelo de Areia

Art Popular

Castelo de areia sou morro ladeira
Melhorando a biografia
Eita, vida de doer

Quando o sino pequenino tocar
E o povo descobrir o refrão
Eita, vida de doer

Se malandragem é viver
Solte o grito da garganta
Na certeza de viver cantando
E vai, vai, vai
Balança que o mundo vai te ouvir
E como pode uma só voz
Ordinariamente ser feliz

Lalaia lalaiala lalaia lalaiala
Sou eu, sou eu
Lalaia lalaiala lalaia lalaiala
Sou eu, sou eu

Composição: Leandro Lehart
Enviada por Art.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Art Popular

Ver todas as músicas de Art Popular