Crying Lightning

Arctic Monkeys

Original Tradução Original e tradução
Crying Lightning

Outside the cafe by the cracker factory
You were practicing a magic trick
And my thoughts got rude
As you talked and chewed on the last of your pick and mix

Said: You're mistaken if you're thinking that I haven't been called cold before
As you bit into your Strawberry Lace
And then I flip in your attention in the form of a Gobstopper
It's all you had left and it was going to waste

Your past-times consisted of the strange
And twisted and deranged
And I loved that little game
You had called
Crying lightning
And how you liked to aggravate
The ice-cream man on rainy afternoons

The next time that I caught my own reflection
It was on its way to meet you
Thinking of excuses to postpone
You never looked like yourself from the side
But your profile could not hide
The fact you knew I was approaching your throne

With folded arms, you occupied the bench like toothache
Stood and puffed your chest out like you'd never lost a war
And I know I tried so not to suffer the indignity of a reaction
There was no cracks to grasp or gaps to claw

And your past-times consisted of the strange
And twisted and deranged
And I hate that little game
You had called
Crying lightning
And how you like to aggravate
The icky man on rainy afternoons

Uninviting
But not half as impossible as everyone assumes you are
Crying lightning

Your past-times consisted of the strange
And twisted and deranged
And I hate that little game
You had called
Crying lightning
Crying lightning
Crying lightning
Crying lightning

Your past-times consisted of the strange
And twisted and deranged
And I hate that little game
You had called
Crying

Chorar Relâmpagos

Do lado de fora da cafeteria perto da fábrica de biscoitos
Você estava praticando um truque de mágica
E meus pensamentos tornaram-se rudes
À medida que você falava e mastigava o último dos seus doces sortidos

Disse: Você está enganado se estiver pensando que eu não fui chamada de fria antes
Enquanto você mordia sua bala de goma de morango
E então eu gesticulei chamando sua atenção na forma de um quebra-queixo
Era só o que estava sobrando e iria ser desperdiçado

Seus passatempos eram constituídos do estranho
E do perverso e insano
E eu amava aquele joguinho
Que você tinha chamado de
Chorar Relâmpagos
E como você gostava de irritar
O sorveteiro em tardes chuvosas

A próxima vez que eu vi meu próprio reflexo
Foi no caminho para te encontrar
Pensando em desculpas para adiar
Você nunca pareceu ser você mesma de lado
Mas o seu perfil não conseguia esconder
O fato de que você sabia que eu estava me aproximando do seu trono

Com braços cruzados você ocupava o banco como dor de dente
Levantou-se e estufou seu peito como se nunca tivesse perdido uma guerra
E eu sei que tentei não sofrer a indignidade de uma reação
Não houve rachaduras para apertar ou lacunas para arranhar

Seus passatempos eram constituídos do estranho
Perverso e insano
E eu odeio esse joguinho que
Você chamou de
Chorar Relâmpagos
E como você gosta de irritar
O homem repulsivo em tardes chuvosas

Pouco convidativas
Mas nem tão impossível como as pessoas assumem você está
Chorando relâmpagos

Seus passatempos eram constituídos do estranho
E perverso e insano
E eu odeio esse joguinho
Que você chamava de
Chorar relâmpagos
Chorar relâmpagos
Chorar relâmpagos
Chorar relâmpagos

Seus passatempos eram constituídos do estranho
E Perverso e insano
E eu odeio esse joguinho
Que você chamava de
Chorar

Composição: Alex Turner / Arctic Monkeys
Enviada por guilherme e traduzida por Naluh. Legendado por Klahn e mais 3 pessoas. Revisões por 28 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Arctic Monkeys

Ver todas as músicas de Arctic Monkeys