A Árvore da Cruz

Antônia Gomes

Eu queria saber, do próprio lenhador
Que madeira ele usou, para fazer a cruz?
Embora eu sinta que a árvore chorou
Quando caiu ao chão
E o machado que a lavrou
Cegou- se de tanta emoção

A cruz, foi a mais pesada
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados

Eu queria saber, o que o carrasco sentiu
Quando a Jesus feriu, com quarenta açoites
Fazendo tantos vergões, naquele que só fez o bem?
Quem sabe o carrasco sentiu
A dor dos açoites também?

A cruz, foi a mais pesada
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados

Eu queria saber porque a terra tremeu
O Sol escureceu, e a noite chegou
Se foi protesto ao crime do autor da criação?
Mostraram ter mais sentimentos
Provaram ter mais coração

A cruz, foi a mais pesada
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados
Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados

Por fora só viram madeira
Mas por dentro estava os meus pecados

Composição: João Chalegre
Enviada por Marco. Revisão por Iredi.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Antônia Gomes

Ver todas as músicas de Antônia Gomes